A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/05/2012 20:26

Diretor de faculdade investigada diz não ter sido notificado pelo MPF

Nyelder Rodrigues

A direção da Facsul (Faculdade de Mato Grosso do Sul) disse ter sido surpreendida com a notícia da investigação que o Ministério Público Federal (MPF-MS) vai fazer sobre a suspeita de manipulação do resultado do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes).

Conforme o diretor-geral da instituição, Ivan Reatte, a faculdade ainda não recebeu nenhuma notificação, e vai responder sobre o fato assim que for devidamente notificada. “A informação na imprensa foi uma surpresa, pois ainda não fomos notificados sobre nada”, conta Ivan.

As denúncias ao MPF foram, feitas por ex-acadêmicos de Direito, indicam a não inscrição de 17 estudantes da faculdade no Enade. O objetivo era o de inscrever somente alunos com as melhores notas, elevando a avaliação geral do curso de Direito.

Segundo informações do MPF, como resultado da não inscrição, estudantes que não realizaram a prova até hoje estão impedidos de colar grau. As investigações vão apurar se a instituição de ensino superior violou legislação federal que regulamenta o Enade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions