A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/05/2011 11:29

“Don Juan” estelionatário fez uma vitima em Campo Grande

Angela Kempfer e Paula Vitorino

Homem foi preso na sexta-feira, em Jaraguari

Antonio Umbelino foi apresentado hoje pela manhã, no 1º DP.Antonio Umbelino foi apresentado hoje pela manhã, no 1º DP.

Preso na última sexta-feira por golpes que começavam em sites de relacionamentos na internet, Antonio Umbelino Pereira, de 50 anos, fez pelo menos uma vítima em Mato Grosso do Sul.

Funcionária pública, de 51 anos, que terá o nome preservado, contou à Polícia que foi atraída por ele durante conversas no site de relacionamento Par Perfeito. Após alguns meses, Umbelino combinou com a mulher de vir até Campo Grande, pois queria conhecê-la melhor e abrir uma empresa em sociedade, mas para isso ela precisava emprestar o dinheiro das passagens de avião, cerca de R$ 800.

Já na cidade, em janeiro deste ano, o acusado foi aos poucos foi conquistando a confiança da servidora e da família dela. Durante a estada em Campo Grande, ele ficou, inclusive, hospedado na casa da mãe da vítima por cerca de 8 dias.

Primeiro, o homem pediu 500 reais para documentação necessária para abrir a empresa na Capital, em sociedade com a vítima. Em troca, deu um cheque de outra pessoa, no valor de 370 reais e mais um comprovante de depósito de 4,6 mil reais. Ele simulou o depósito, indo até o banco e depositando um envelope vazio no caixa eletrônico.

Umbelino usava até o carro da irmã da namorada para tarefas da suposta empresa a ser aberta. Junto as chaves do veículo, havia as chaves do apartamento da irmã da servidora, que ele usou para furtar diversas mercadorias da residência.

Certo dia, em um jantar na casa da irmã da vítima, chamou a atenção dele olhar detalhadamente os cômodos da casa, mas sem levantar suspeitas na ocasião.

A família só começou a desconfiar de Umbelino depois que o apartamento foi furtado e na sequência ele sumiu da cidade.

O cheque repassado por ele à vítima também voltou por não ter fundos e a mulher, então, descobriu que o depósito também era falso.

A vítima só registrou o estelionato um mês depois, em fevereiro e em abril denunciou o furto.

Umbelino usava sites como Par Perfeito e o Facebook para atrair as vítimas, só em um deles tinha 3 perfis diferentes. O homem já havia sido preso pelo mesmo motivo em maio de 2010, depois de denúncia de uma fonoaudióloga, em Goiás.

Respondendo ao processo em liberdade, ele voltou a fazer vítimas. Também tem passagem pela Polícia Federal e é investigando, além de Mato Grosso do Sul, por golpes em Goiás, Ceará e no Distrito Federal.

O mandado de prisão cumprido na sexta-feira foi expedido pela comarca de Aparecida de Goiânia, por furto e receptação. Na cidade, ele teria feito a primeira vítima.

Prisão - Sem detalhar como chegou a Umbelino, a delegada do 1º DP, Daniela Kades, diz apenas que descobriram que ele estava vindo para Campo Grande e foi interceptado em ônibus no município de Jaraguari.

Ao ser preso, o homem contou que iria para Dourados, onde arrumou um emprego.

Ele nega qualquer golpe e diz que todos os produtos foram presentes dados a ele por ex-namoradas. Ele garante que teve “uma relação apaixonada” com a servidora pública, o que a mulher nega.

A vítima em Campo grande tem o perfil das outras vítimas, servidoras públicas ou médicas acima de 50 anos.

Umbelino será transferido para a Derf e depois para Aparecida de Goiânia (GO).

A delegada lembra que ele tem tatuagem no peito da Estrela de Davi, o que pode facilitar a identificação por outras vítimas. A Polícia já requisitou a retirada dos perfis dele dos sites de relacionamento.

“A vítima tem vergonha, mas deve denunciar e a identidade será preservada. Trazer uma pessoa estranha para dentro de casa é complicado. Ela vai inventar tudo que puder para conseguir o que ela quer”, recomenda a delegada.



Graças a Deus este bandido vai pra cadeia. No meu caso foi solto no outro dia.
 
Marta moraes vilela em 12/05/2011 10:53:57
Sabendo que estás situações ocorrem constantemente pela internet cai no golpe desse, hoje em dia não da pra acreditar nem nos próprio familiares imagina numa pessoa que nunca nem viu e coloca dentro de casa gente é pedir a sentença mesmo.
 
Gisele Maria em 09/05/2011 11:49:03
São as consequencias que a modernidade nos traz. Onde estão os flertes e paqueras dos barzinhos (já que em praças e parques é arriscado demais por nossa exposição à violencia urbana)? A procura da pessoa perfeita pode levar a essses engendramentos de mentes criminosas! Nos sentimos bem relacionados através da rede mundial de computadores, porém corremos inúmeros riscos. ainda bem que a vitima caiu apenas no estelionato e não teve consequencias maiores e piores.... Vamos botar as cadeiras na varanda, pois na calçada corremos o risco de sermos assaltados, tomar tereré e bater papo com o(a) vizinho(a)., quem sabe não rola?
 
amauri da silva em 09/05/2011 11:41:31
Por isso é que digo, antes só que mal acompanhada! Hoje em dia não se pode confiar nem na própria roupa! Além disso, convenhamos, o cara é muito feioooooo!
 
Lenice de Lima e Silva em 09/05/2011 10:07:36
E um cara feio desse! a mulher q topar namorar um cara como esse tem coragem de namorar com um bugio
 
cleide telles em 09/05/2011 05:06:34
Saber conversar e levar na conversa é um dom para poucos, porque em se tratando de beleza esse caboclo é feio demais da conta sô.
 
Áttila Gomes em 09/05/2011 03:25:23
Concordo em genero,greu e numero com o comentario acima do Amauri, é isso mesmo, muitas vezes, nós mesmos nos colocamos neste tipo de situacao.
 
Gustavo Cesar em 09/05/2011 02:23:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions