ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Dono de Gol achado em chamas disse que foi comprar cigarro e ficou a pé

Em boletim de ocorrência, proprietário contou que “perdeu” carro no mesmo bairro onde veículo foi abandonado nesta madrugada

Por Anahi Zurutuza | 17/02/2021 17:23
Carro foi encontrado em chamas durante a madrugada (Foto: Jornal Comunitário Diário do Caiobá)
Carro foi encontrado em chamas durante a madrugada (Foto: Jornal Comunitário Diário do Caiobá)

O dono do VW Gol encontrado em chamas na madrugada desta quarta-feira (17), no Bairro Portal Caiobá, em Campo Grande, denunciou o furto do veículo há quatro dias. Em boletim de ocorrência, o homem, de 38 anos, relata que parou em conveniência para comprar cigarro e quando saiu do estabelecimento, o carro havia sido levado.

A denúncia foi feita na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Especializado de Polícia Integrada) a meia-noite do dia 14 de fevereiro, cerca de uma hora e meia após o ocorrido.

O homem relatou à polícia que parou em estabelecimento na Rua Cachoeira do Campo e deixou o carro estacionado com a chave na ignição. Narrou ainda que a janela do lado do passageiro estava aberta, porque tem defeito e não fecha. Por último, deixou registrado que a conveniência não tem câmeras de segurança.

O furto aconteceu no mesmo bairro onde o carro foi abandonado nesta madrugada. O que aconteceu é mistério e o dono ainda não foi à polícia atrás do veículo, depois do incêndio ser noticiado.

“Não veio aqui”, afirma o delegado Pablo Gabriel Farias da Silva, adjunto da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos e Furtos de Veículos. Ele explica que o carro carbonizado foi levado para o pátio da Defurv e que a equipe está fazendo os primeiros levantamentos. “Estamos procurando mais informações e o carro tem de ser periciado ainda”.


O Volkswagen Gol, de cor branca, com placa HSC 4834, foi encontrado na Rua Vélia Berti de Souza, a cerca de 900 metros da rua onde foi furtado dias antes. O ponto da “desova” fica atrás do Centro Comunitário, onde não há moradias, segundo Wesley Neres, do Jornal Comunitário Diário do Caiobá.

O morador foi ao local assim que soube do incêndio e chegou a acreditar que pudesse ter sido uma pane elétrica. “O carro estava funcionando e buzinando. Só parou quando o fogo destruiu”.

Wesley só achou a situação suspeita depois que encontrou a restrição do veículo em sistema de busca por placas. “Não apareceu ninguém e é um carro rebaixado, com roda esportiva, suporte para som. Levaram o som e deixaram o carro”, detalha, observando que o Gol aparentemente era automóvel de quem tem hobby por veículos esportivos.

Pelo bairro, ainda segundo o morador, a Polícia Militar não conseguiu localizar nenhum suspeito durante a madrugada.

Gol ficou completamente danificado e foi levado para o pátio da Defurv (Foto: Jornal Comunitário Diário do Caiobá)
Gol ficou completamente danificado e foi levado para o pátio da Defurv (Foto: Jornal Comunitário Diário do Caiobá)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário