ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Dono de rede com 40 tabacarias é preso por venda de cigarros eletrônicos

Nos estabelecimentos foram encontrado produtos sem registro da Anvisa e no MAPA

Por Geniffer Valeriano | 23/05/2024 17:32
Produtos expostos em tabacaria (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Produtos expostos em tabacaria (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Proprietário de uma rede de tabacarias, Moises da Silva Portilho de Andrade, de 37 anos, foi preso na tarde desta quinta-feira (23) por vender cigarros eletrônicos. A prisão aconteceu em uma de suas lojas, localizada na Rua Zulmira Borba, no Bairro Nova Lima, em Campo Grande.

Durante a primeira fase da operação “Flashwover” equipes da DECON (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) e do GOI  (Grupo de Operações e Investigações) fiscalizaram 40 lojas da rede. Apenas duas lojas foram encontradas funcionando, localizadas no Bairro Sílvia Regina e Nova Lima.

Tabacaria vistoriada por equipes do Decon e do GOI (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Tabacaria vistoriada por equipes do Decon e do GOI (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Nas lojas que estavam atendendo, foram encontrados cigarros eletrônicos e outros produtos expostos que não possuíam registro no MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Também foi verificado que nenhum dos estabelecimentos possuem alvará de funcionamento.

Nos dois locais, foram apreendidos 36 cigarros eletrônicos, 843 acessórios para cigarro eletrônico, 13 pacotes de tabaco, 19 maços de cigarro contrabandeado, 64 essências de tabaco, entre outros produtos.

As investigações devem prosseguir com o objetivo de identificar os fornecedores dos produtos apreendidos.

Viatura da Polícia Civil em frente a tabacaria (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Viatura da Polícia Civil em frente a tabacaria (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias