A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/02/2015 08:10

Duas pessoas morrem e dois são baleados em briga de gangues

Viviane Oliveira
Um dos locais onde uma pessoa foi baleada. (Foto: Alcides Neto) Um dos locais onde uma pessoa foi baleada. (Foto: Alcides Neto)

Duas pessoas morreram e duas foram baleadas a tiros em brigas de gangue na noite de ontem (14), na Rua Aguia Real, no Conjunto Habitacional Estrela Dalva III, em Campo Grande. As vítimas Renner Oliveira Amaro, 22 anos, e Eloisa Chaves, 44 anos, morreram no local. Ainda foram baleados Aguida Muniz de Morais, 45 anos, e Thais Paulo de Gois, 20 anos. O suspeito de envolvimento no crime Ricardo Henrique dos Santos, 28 anos, foi preso em flagrante.

De acordo com boletim de ocorrência, testemunhas relataram que a briga começou entre Ricardo, que estava junto com o amigo, Renner, e Thiago Muniz de Morais Santos. Os envolvidos trocaram tiros, Renner acabou baleado e morreu pouco tempo depois na Rua do Cisne esquina com a Rua Agapanto.

Na confusão Aguida, mãe de Thiago e Thais, mulher de Thiago, foram baleadas provavelmente, por Renner, que estava, segundo Ricardo, com um revólver calibre 38. As vítimas foram socorridas e encaminhadas para a Santa Casa.

Aguida foi atingida por um tiro no tórax e outro na perna. Thais também foi baleada com um tiro na perna. Testemunhas relataram ainda que há uma rixa antiga entre Renner e seus amigos com Thiago e a turma dele. Renner foi morto com cinco tiros e Eloisa com 6 disparos. Eloisa, conforme registro policial, era esposa de um homem identificado como Negão, que também estava junto com Renner. Tudo indica que quem atirou na mulher foi Thiago.

Os policiais fizeram rondas para encontrar Thiago, mas ele ainda não foi localizado. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro como homicídio doloso e tentativa de homicídio.



E esse Secretário de Segurança Pública ainda não mostrou o porquê de sua indicação. Pede pra sair logo, pois já mostrou que é incompetente, afinal, nem mesmo as viaturas para o Batalhão de Choque patrulhar ele providenciou até agora. Senhor Governador, a população não pode esperar 100 dias. Socorro Ministério Público!
 
TOYOSHI SATO em 15/02/2015 09:11:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions