ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 33º

Capital

“Ele falava alto e xingou”, diz mulher que gravou caso de racismo

Morador de condomínio na Rua 14 de Julho é suspeito de chamar motoentregador de “preto” e também “lerdo”

Por Liniker Ribeiro | 30/10/2020 16:34
Motoentregadores estiveram por duas vezes, nesta sexta-feira, em frente ao condomínio de morador acusado de racismo (Foto: Kísie Ainõa)
Motoentregadores estiveram por duas vezes, nesta sexta-feira, em frente ao condomínio de morador acusado de racismo (Foto: Kísie Ainõa)

“Não tem como ele falar que não fez”, afirma testemunha, que pede para não ser identificada, que presenciou a discussão entre morador de condomínio na Rua 14 de Julho e motoentregador, no fim da manhã de ontem (30). A situação virou caso de polícia após a vítima afirmar ter ouvido que “além de preto é enrolado” após atraso na entrega de refeição ao cliente de um restaurante de comida japonesa.

A testemunha, que chegou a gravar vídeo que mostra trecho da discussão entre os envolvidos, confirma a frase usada pelo morador. “Escutei ele falar ‘além de preto é enrolado’, falava em tom alto e xingou o motoboy”, cita.

Ao Campo Grande News, a pessoa também afirmou ter tido a ideia de gravar o vídeo justamente após escutar a frase dita pelo morador. “Eu ouvi, peguei e levantei para ver o que era, quando percebi que estava tendo uma discussão comecei a gravar”, revela.

À reportagem, apesar do tom alterado, a testemunha também afirmou nunca ter presenciado o morador que aparece nas imagens agindo de forma parecida, embora não tenha contato com ele.

Ao analisar o ocorrido, ela afirma não ter pensado duas vezes na intenção de ajudar o motoentregador de alguma forma.

“Achei errada a atitude, também sou morena e tenho orgulho da minha cor, não tenho vergonha. As pessoas precisam respeitar”, ressalta. “O cara estava trabalhando, se ele trabalha é porque precisa. Trabalha embaixo de chuva, sol, e quando chega é recebido assim?”, reflete.

Assista ao vídeo gravado por testemunha da discussão:


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário