A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

07/10/2018 10:48

Eleitores reclamam de tumulto e falta de espaço em escola pequena

Por causa do cadastramento biométrico que levou eleitores a atualizarem os dados, muita gente vai votar em local diferente

Viviane Oliveira e Mayara Bueno
Eleitores reclamam de tumulto e falta de espaço em escola pequena
Logas fila se formaram em corredores estreitos (Foto: Kisie Ainoã)Logas fila se formaram em corredores estreitos (Foto: Kisie Ainoã)

Em corredores apertados e pequenos, eleitores reclamaram de tumulto e falta de espaço para votar na Escola Amarelinha localizada na Avenida Alberto Araújo Arruda, no Conjunto Residencial Mata do Jacinto, região norte de Campo Grande. O colégio, onde também vota o prefeito Marquinhos Trad (PSD), virou seção eleitoral neste ano.

Tem corredor, por exemplo, com três salas com filas longas. Já outros espaços do colégio estão vazios, ou seja, a quantidade de eleitores por seção foi mal distribuída. A professora Marinez Lemos Bregenski, 50 anos, e o marido dela, Luiz Carlos, 56 anos, enfrentaram cerca de 30 minutos o tumulto e a desorganização na fila para conseguirem votar. “Não pedi para mudar meu local de votação, mas mesmo assim alteraram”, reclama a professora. “Se alguém passar mal, o bombeiro não consegue entrar aqui”, lamenta Luiz.

Acompanhada do filho, Dinah de Souza Pires, 81 anos, fez questão de votar nesta manhã. Por causa do tumulto, funcionários colocaram uma cadeira na frente da escola e pediram para a idosa esperar sentada até que a fila fosse organizada. Após 20 minutos, Dinah foi chamada e votou tranquilamente. 

Outro eleitor, que não quis se identificar, desistiu e foi embora sem votar. “Não vou votar. Está muito cheio”, reclama. Por causa do cadastramento biométrico que levou eleitores a atualizarem os dados no sistema do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), muita gente vai votar em local diferente neste ano. Outras mudanças aconteceram na Capital em razão do fechamento ou reforma de prédios onde funcionavam seções eleitorais.

Dinah aguardou a sua vez sentada em um cadeira em frente à escola (Foto: Kisie Ainoã)Dinah aguardou a sua vez sentada em um cadeira em frente à escola (Foto: Kisie Ainoã)
Eleitores reclamam de tumulto e falta de espaço em escola pequena


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions