A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/08/2012 18:09

Em novo júri, rapaz é condenado mais uma vez a 16 anos de prisão

Nadyenka Castro

Ele foi a julgamento ano passado. Defesa recorreu e outro foi realizado hoje

Em júri popular realizado nesta quarta-feira, Rafael Bruno Epifânio Alves foi novamente condenado à prisão pelo assassinato de Rodrigo Tenório Bezerra, ocorrido em dezembro de 2008, no Jardim Campo Nobre, em Campo Grande.

Rafael havia sido julgado em junho do ano passado e condenado a 16 anos de prisão. Sob o argumento de que a decisão dos jurados foi contrária às provas do processo, a defesa de Rafael conseguiu anulação do júri e outro foi realizado hoje.

Mais uma vez, Rafael foi novamente condenado a 16 anos de prisão. Ele respondeu por por motivo torpe, com recurso que dificultou a defesa da vítima.

De acordo com a denúncia, na noite do dia 23 de dezembro de 2008, no Jardim Campo Nobre, o acusado e um adolescente atiraram em Rodrigo.

O crime aconteceu por motivo torpe, pois o acusado teve a intenção de se vingar de uma desavença anterior entre ele e a vítima. Ainda de acordo com a denúncia, o réu e o comparsa utilizaram de recurso que dificultou a defesa da vítima. O rapaz foi atingido nas costas sem a oportunidade de se defender.

O acusado tem participação em outros dois crimes de homicídio e um porte ilegal de arma de fogo. A vítima tinha incidência em uma tentativa de homicídio.

Acusado de homicídio em 2008 no Campo Nobre vai para júri nesta quarta-feira
A 2ª Vara do Tribunal do Júri vai julgar pela segunda vez Rafael Bruno Epifânio Alves na manhã desta quarta-feira (7), em Campo Grande. Rafael foi co...
Acusado de homicídio e duas tentativas é preso em Campo Grande
Equipes da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) prenderam nessa tarde o homem acusado pela morte de Jefer...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions