A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/03/2016 20:08

Empresária escapa de golpe do falso depósito após desconfiar de telefonema

Fernanda Yafusso
A empresária Suely utilizou a internet para verificar o extrato bancário e desconfiou que era golpe (Foto Arquivo Pessoal)A empresária Suely utilizou a internet para verificar o extrato bancário e desconfiou que era golpe (Foto Arquivo Pessoal)

A empresária de uma escola para cabeleireiros em Campo Grande sofreu uma tentativa de golpe no final do mês passado. Segundo a dona da empresa, uma mulher ligou para a escola informando que sua funcionária havia depositado um valor errado referente a quitação de um curso, e exigiu que fosse devolvida a diferença.

De acordo com a dona da escola, Suely Nakasato, 48 anos, a estelionatária ligou na sexta-feira (25) e pediu informações sobre valores dos cursos oferecidos, além do número da conta bancária para realizar o depósito do valor total do curso

Porém, no sábado, Suely consultou o extrato bancário confirmando que havia um depósito no valor de R$ 13.900 e achou estranho a quantia alta, já que não estava esperando nada referente a esse valor.

"Quando foi na segunda-feira pela manhã a mulher me ligou dizendo que sua funcionária depositou um valor a mais da quantia real e pediu para que a diferença fosse devolvida porque ela precisava quitar o limite do banco. Eu expliquei que só faria esse ressarcimento após ligar para a minha gerente e confirmar a transação, ela desligou e não retornou mais", relata.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Sidnei Alberto, a principal orientação para que as pessoas não caiam em golpes como esse, denominado golpe do falso depósito, é preciso desconfiar.

"Ás vezes o golpista deposita um envelope vazio e acredita que o comprovante emitido pelo caixa eletrônico basta. Porém o depósito só é efetivado quando o banco conta o dinheiro, caso contrário é anulado", explica.

O delegado ainda explica que é preciso registrar um boletim de ocorrência quando a pessoa sofrer essa tentativa de estelionato, mesmo que ela não tenha perdido nenhuma quantia em dinheiro.

Se passando por médico, estelionatário tenta aplicar golpe em pacientes
Um estelionatário se passando por médico tentou tomar dinheiro de familiares de pacientes internados no Hospital da Vida, em Dourados, cidade a 233 k...
Trio discute com homem de 34 anos e o agride com golpe de facão na cabeça
Wekson Jesus de Melo, de 34 anos, apanhou de três homens e foi atingido com um golpe de facão na cabeça no Centro de Costa Rica, a 305 quilômetros de...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions