A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/10/2016 11:43

Empresário que atirou em músico diz que agiu em legítima defesa

Chloé Pinheiro e Luana Rodrigues
Fauez em foto postada em 2014 no Facebook (Foto: Reprodução / Facebook)Fauez em foto postada em 2014 no Facebook (Foto: Reprodução / Facebook)
Bar na rua Pedro Celestino, onde o disparo ocorreu. (Foto: Luana Rodrigues)Bar na rua Pedro Celestino, onde o disparo ocorreu. (Foto: Luana Rodrigues)

O empresário Fauez Mohamed Ayoub confessou ter atirado no músico Eduardo Lincoln Gouveia, 60, após discussão em um bar no Centro de Campo Grande na noite de quarta-feira (05). Segundo o advogado de Ayoub, o disparo foi feito em legítima defesa.

Em entrevista ao Campo Grande News, Marcos Ivan, que representa o autor, contou que Ayoub e Lincoln haviam se encontrado em uma festa na casa de um amigo no último domingo (01), ocasião em que trocaram brincadeiras sobre a orientação sexual um do outro.

A festa terminou sem confusão, mas, segundo o advogado, o músico ficou ofendido e teria procurado Fauez para tirar satisfação sobre as piadas no bar Copo Sujo, que é frequentado pelos dois há muitos anos, na segunda (03) e na terça-feira (04). 

Sem encontar o empresário, Lincoln retornou ao estabelecimento na quarta-feira (05) e, segundo advogado e testemunhas, estava muito alterado, falando alto e procurando Fauez, que dessa vez estava lá. 

"Ele achou até que era brincadeira, mas Lincoln insistiu na discussão e partiu pra cima dele, foi quando ele sacou a arma e atirou para se defender", contou Marcos. 

O defensor não soube precisar, entretanto, a origem da arma que fez os disparos, se limitando a comentar que se trata de uma arma que está com Ayoub, que não tem nem registro da arma nem porte para carregá-la, há mais de vinte anos. 

Ivan comentou ainda que Ayoub não tem o costume de andar armado, e só estaria com a arma aquele dia para tentar vendê-la aos amigos do bar. Haviam seis munições no revólver, mas só uma foi utilizada. 

A bala disparada por Fauze atingiu Lincoln no abdômen e perfurou seu intestino em cinco locais diferentes. Os estragos já foram reparados com cirurgia realizada na Santa Casa de Misericórdia, onde o músico ainda está internado, estável e se recuperando bem. 

Depois do ocorrido, Ayoub estaria sendo ameaçado pela família de Lincoln e por isso procurou a polícia para dar sua versão. Por enquanto, o empresário responde por tentativa de homicídio, mas a defesa seguirá a estratégia da legítima defesa. 

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


Só gente boa!!!!
Andar armado e enchendo a cara de pinga.
Sempre achei que isso era coisa da periferia.
Estava enganado. Gente boa também anda armada.
O mais interessante nessa história é a versão apresentada pelo advogado.
Uma beleza!!!!!!!!
 
Critico em 07/10/2016 12:12:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions