A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Setembro de 2019

11/09/2019 17:10

Enfermeiro leva três facadas dentro de posto de saúde do Aero Rancho

Funcionário do Caps foi atingido por três golpes por homem que estaria em surto psicótico, segundo a Sesau

Humberto Marques e Aletheya Alves
Enfermeiro foi ferido por paciente em surto, segundo Sesau e testemunhas. (Foto: Direto das Ruas)Enfermeiro foi ferido por paciente em surto, segundo Sesau e testemunhas. (Foto: Direto das Ruas)

Enfermeiro foi esfaqueado por um paciente do CRS (Centro Regional de Saúde) Aero Rancho, em Campo Grande, na tarde desta quarta-feira (11). Segundo usuários e funcionários do local, o servidor público foi atingido por pelo menos três golpes. O autor teria entrado em surto por isso o ataque.

Os crime ocorreu por volta 15h30 e gerou um princípio de tumulto. O atentado ocorreu no Caps (Centro de Atenção Psicossocial, focado no atendimento em saúde mental). Estabilizado, o enfermeiro foi transferido para a Santa Casa.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que o paciente chegou em surto ao Caps e agrediu o profissional. Os ferimentos teriam sido superficiais – na cabeça, braço e abdome, embora haja suspeita que este último tenha atingido o fígado do servidor – e o servidor passa bem. A pasta está prestando assistência ao funcionário, cujo nome não foi oficialmente divulgado. A reportagem apurou se tratar de Ubirajara Viana Ferreira.

O nome do paciente, que foi contido por agentes da Guarda Civil Municipal e seria entregue à delegacia de Polícia Civil, também não foi informado.

“Eu estava esperando pra ser atendida quando vi a bagunça. Todo mundo fica muito nervoso, aí perguntamos e os funcionários falaram que foi facada no enfermeiro. A gente não viu depois, só na hora mesmo”, afirmou uma testemunha, que pediu para não ser identificada, à reportagem.

Uma funcionária, que também pediu para ter a identidade preservada, relatou que o paciente estava descontrolado. “Ele esfaqueou o enfermeiro responsável, ele veio para matar”, afirmou, destacando, ainda, que trabalhadores do Caps estão “à mercê, correndo risco de vida. Somos xingados e ameaçados todos os dias e nada é feito”.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions