ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  23    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Engavetamento com três carros deixa trânsito lento no Jardim dos Estados

Uma das motoristas envolvidas precisou ser socorrida após o acidente

Por Geniffer Valeriano | 27/03/2024 15:06
Veículos envolvidos em engarrafamento na Rua Bahia (Foto: Geniffer Valeriano)
Veículos envolvidos em engarrafamento na Rua Bahia (Foto: Geniffer Valeriano)

Engavetamento com três carros deixou o trânsito lento no cruzamento da Rua Bahia com a Rua Antônio Maria Coelho, no Bairro Jardim dos Estados. Uma das motoristas envolvidas precisou ser socorrida após o acidente.

Sérgio Honório, de 72 anos, contou para  a reportagem que o trânsito estava parado no momento da colisão. “Não sei dizer o porquê, mas estávamos todos parados. Só sentimos a pancada quando o último carro bateu”, disse.

Porta-malas de Hond Fit ficou amassado e com o para-brisa quebrado (Foto: Geniffer Valeriano)
Porta-malas de Hond Fit ficou amassado e com o para-brisa quebrado (Foto: Geniffer Valeriano)

O idoso relata que quem dirigia o seu carro, um Fiat Strada, o primeiro da fila dos veículos, era a sua esposa de 69 anos. Nenhum dos ocupantes da Strada se feriu durante a colisão. O veículo teve apenas o para-choque amassado.

Jovem de 28 anos, motorista do Nissan Kicks que causou o engavetamento, contou que tentou frear, mas não conseguiu. “Quando vi, tentei parar, pisei no freio, mas o freio falhou. Eu estava indo para o curso quando o acidente aconteceu”.

Dos três veículos, o Honda Fit foi o mais danificado no engarrafamento (Foto: Geniffer Valeriano)
Dos três veículos, o Honda Fit foi o mais danificado no engarrafamento (Foto: Geniffer Valeriano)

No meio do engavetamento estava um Honda Fit, que ficou com o porta-malas e a dianteira do carro bastante amassados. A motorista do veículo, uma jovem que não teve nome e idade divulgados, passou mal e reclamou de dores.

Testemunhas do acidente acionaram o Corpo de Bombeiros e o Samu, mas 40 minutos depois do acionamento nenhuma viatura foi até o local. “Eles disseram da primeira vez que ela era prioridade, mas 20 minutos depois eles falaram que não havia viaturas”, contou mulher que parou para ajudar.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias