A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/03/2014 18:58

Entidades vão às ruas lembrar vítimas e pedir o fim da violência contra a mulher

Lidiane Kober

No Dia Internacional da Mulher, entidades e associações vão às ruas de Campo Grande para tentar conscientizar contra a violência doméstica e psicológica. Neste sábado (8), estão previstas ações em vários pontos da cidade em todas as horas do dia.

Integrantes do Comitê Estadual de Defesa da Lei Maria da Penha e da Marcha Mundial das Mulheres, planejam homenagem a vítimas de violência na Capital, que registrou no início do ano onda de assassinatos de mulheres.

Sem dar detalhes, mas prometendo muita emoção, as entidades vão realizar, a partir das 8h, o amanhecer com cruzes, na Rua Barão do Rio Branco entre Rua 14 de Julho e 13 de Maio.

Como forma de protestar contra a falta de atendimento 24 horas, o grupo irá, a partir das 10h, caminhar até a sede da Delegacia da Mulher.

Às 16h, na Orla Morena, do lado da Avenida Noroeste, as mulheres farão roda de conversa para tratar do tema “Empoderamento x Protagonismo Feminino”. Duas horas depois, está previsto cortejo com bloco do “saiaço” até a pista de skate, na Orla Morena.

Com o intuito de levar mensagem de paz, a Associação Mães de Fronteira marcará presença, das 9h às 12h, no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho. “Vamos distribuir rosas brancas como forma de pedir paz e o fim da violência”, disse Lilian Silvestrine, uma das organizadoras do ato.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions