ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Suspeito de ter assassinado corretora é preso em casa no Jardim Centenário

Homem foi encontrado por equipe do Batalhão de Choque na tarde desta sexta-feria

Por Ana Paula Chuva | 24/05/2024 16:00
Amalha foi achada morte em um terreno na região do Bairro Los Angeles (Foto: Reprodução | Facebook)
Amalha foi achada morte em um terreno na região do Bairro Los Angeles (Foto: Reprodução | Facebook)

Homem suspeito de ter assassinado a corretora de imóveis Amalha Cristina Garcia Mariano foi preso na tarde desta sexta-feira (24). Ele foi encontrado por equipe do BPChoque (Batalhão de Choque) da Polícia Militar em uma casa na Rua Socorro, Bairro Jardim Centenário, em Campo Grande.

Ainda não há detalhes sobre a prisão e a identidade do homem. Mas, conforme apurou o Campo Grande News, equipes da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) estão na casa junto com a Perícia Técnica, em busca de indícios que comprovem a autoria do crime. A esposa do suspeito foi levada para a delegacia, onde também estão o irmão e o primo da vítima.

A polícia chegou até o suspeito após encontrar ontem o Jeep Renegade da corretora, abandonado em uma casa no Indubrasil. No local, dois homens foram detidos para depoimento e depois liberados.

Homem entra em viatura do Choque.
Homem entra em viatura do Choque.
Viaturas e policiais em frente à casa onde homem mora, no Aero Rancho.
Viaturas e policiais em frente à casa onde homem mora, no Aero Rancho.

Amalha foi encontrada morta na tarde de quarta-feira (22) por equipe de seguranças que faziam treinamento na região do porto seco.  A vítima estava com o rosto bastante machucado e jogada em área de mata, perto de uma árvore. No local também foram encontrados um par de sandálias, um brinco, uma corrente e cinco pulseiras.

As investigações tiveram início logo após familiares reconhecerem o corpo da mulher. UM suspeito chegou a ser detido por volta do meio dia desta quarta-feira em Ponta Porã, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande.

O Jeep Renegade branco da vítima foi encontrado em um terreno no Bairro Indubrasil na tarde de ontem (23). Dois homens foram detidos e afirmaram que o veículo tinha aparecido no quintal da casa quando eles não estavam no local. Eles foram ouvidos e liberados.

Perito fazendo análise preliminar no Jeep da corretora (Foto: Juliano Almeida)
Perito fazendo análise preliminar no Jeep da corretora (Foto: Juliano Almeida)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias