A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/09/2013 11:06

Equipes da OAB e MPE vistoriam SOS Abrigo e encontram irregularidades

Aliny Mary Dias

Após denúncias de carne estragada, a vistoria realizada na noite de ontem (12) por uma equipe da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e da Promotoria da Infância e Juventude do MPE (Ministério Público Estadual) no SOS Abrigo encontrou algumas irregularidades que farão parte de um relatório que será encaminhado para a direção da instituição.

De acordo com o promotor Sérgio Harfouche, a vistoria ocorreu de surpresa após denúncias de que a alimentação servida aos adolescentes tinha carne com aspecto ruim.

O promotor explica que no setor de alimentação, a única irregularidade encontrada foi a falta de feijão, mas que a administração garantiu que o item seria reposto nesta sexta-feira (13). A carne, segundo Harfouche, estava em boas condições.

“Eu só posso afirmar aquilo que eu vi, e a carne que encontrei havia sido embalada no último dia 6 e o prazo de validade ia até dezembro. O item estava congelado e não tinha aspecto ruim”, diz.

Outros pontos verificados pela vistoria foram a pichação de paredes e presença de entulho nos corredores. Segundo a administração, os próprios adolescentes picharam as paredes. “Eu recomendei que eles façam oficinas com os jovens para eles mesmos dêem valor aos móveis e paredes danificados”, explica.

Além dos problemas estruturais e na dispensa da instituição, o procedimento de entrega de adolescentes por parte do Conselho Tutelar Sul também fará parte do relatório com as recomendações.

“Nós constatamos que o Conselho entregava os adolescentes à instituição de forma errada. Apenas o motorista e o adolescente vinham até o abrigo. Vamos pedir mudanças”, conta o promotor.

De acordo com Harfouche, o relatório com as recomendações será enviado para a direção do SOS Abrigo que hoje possui cinco adolescentes tutelados. Qualquer denúncia que envolva maus tratos contra crianças ou adolescentes podem ser feitas no número 127 – ouvidoria do MPE.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions