A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

26/03/2017 14:15

Escala médica em UPA é cumprida, mas visitas surpresas continuam

Todos os pediatras e clínicos escalados estavam presentes no plantão. "Vistoria de perto" continuará nas unidades.

Anahi Gurgel
Prefeito Marquinhos Trad durante visita à UPA da Vila Almeida na manhã deste domingo (26). (Foto: Divulgação)Prefeito Marquinhos Trad durante visita à UPA da Vila Almeida na manhã deste domingo (26). (Foto: Divulgação)

Depois de uma semana marcada pelo impasse entre médicos e a administração municipal, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), voltou a fazer visitas surpresas a unidades de saúde 24 horas neste fim de semana.

Na manhã deste domingo (26), foi a vez de acompanhar de perto a situação da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Vila Almeida, onde até um parto foi realizado.

A unidade atende, principalmente, os moradores da região urbana do Imbirussu. Durante a visita desta manhã, Marquinhos passou pelo setor da recepção, farmácia, enfermaria, alas de emergência, e conversou com funcionários e pacientes.

“Todos os médicos escalados, tanto pediatras quanto clínicos, estavam trabalhando normalmente. Faltaram apenas 2 funcionários administrativos”, disse o prefeito.

“Até nasceu uma menina hoje nessa UPA, chamada Helena. A unidade não tem estrutura para partos, mas como não havia tempo para fazer o nascimento em outro lugar, foi necessário fazer o procedimento ali mesmo. Deu tudo certo e a recém-nascida foi encaminhada para a Maternidade Cândido Mariano”, relata.

Na UPA da Vila Almeida, na última quinta-feira (23), o único médico pediatra que estava escalado para atender no período da tarde, não foi trabalhar alegando problemas pessoais, deixando várias crianças sem atendimento, como mostrou o Campo Grande News.

O chefe do executivo disse ainda que as visitas surpresas continuarão acontecendo. “É preciso oferecer melhor condições para os funcionários da saúde pública. Vamos proporcionar melhor estrututra à categoria e reorganizar as escalas juntamente com a equipe administrativa e o corpo de médicos da rede pública”, frisa.

Na tarde deste domingo, às 14h30, haverá reunião na Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) para discutir assuntos referentes à escala de médicos, aquisição de materiais com maior rapidez e distribuição de medicamentos.

“Os estoques ainda não estão regularizados. Muito de via oral foram repostos, mas ainda estão em falta remédios injetáveis e muitos outros itens como colchões, lençóis, coletores de urinas. Encontramos tudo um caos, tudo destruído. Agora estamos colocando as coisas em ordem”, finalizou.

Confira a escala médica para atendimento neste domingo (26).

 

 

Tabela com escala médica divulgada pela Prefeitura para este domingo. Tabela com escala médica divulgada pela Prefeitura para este domingo.

Visitas surpresas - Neste sábado (25), o chefe do Executivo Municipal visitou duas unidades de saúde. A primeira foi a UPA do Coronel Antonino, onde 10 médicos estavam no local, que não estava superlotado.

A segunda foi no Bairro Tiradentes, onde passou pelo setor da recepção, farmácia, enfermaria e alas de emergência do CRS (Centro Regional de Saúde).

No posto, nenhum médico estava escalado para trabalhar no período da tarde. Para atender os pacientes, o diretor-técnico dos médicos, Vinicius Ribeiro Andrade, assumiu a urgência e emergência, enquanto um foi remanejado de outra unidade e um profissional que estava de folga chamado.

Esta semana, prefeitura e médicos entraram em atrito por conta das visitas surpresas de Marquinhos em unidades de saúde, nas quais, em algumas delas, não havia médico. Na UPA Coronel Antonino, a única pediatra escalada faltou o plantão na sexta-feira (24).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions