A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/08/2016 09:22

Escola recebe doações, mas chuva ameaça sala de aula sem parede

Chloé Pinheiro
Sala de aula do Filhos de Misericórdia tem teto, mas faltam paredes para abrigar os estudantes. (Foto: Direto das ruas) Sala de aula do Filhos de Misericórdia tem teto, mas faltam paredes para abrigar os estudantes. (Foto: Direto das ruas)

Depois de virar notícia na semana passada pela falta de comida, a Escola Filhos de Misericórdia recebeu uma série de mantimentos. Boa notícia para as 54 crianças atendidas no projeto do Jardim Canguru, em Campo Grande.

"Até hoje as pessoas ligam querendo trazer e já conseguimos bastante coisa", conta Edileuza Luiz. A manicure de 37 anos toca a escola sozinha, contando apenas com a ajuda de familiares e da comunidade. 

Com o socorro, será possível alimentar novamente os pequenos alunos, com idade entre 6 e 15 anos, que muitas vezes dependem das refeições servidas na escolinha para comer. 

A despensa cheia é um alívio passageiro, já que a escola tem um novo desafio: impedir que a chuva leve as aulas por água abaixo. "Quando chove, molha tudo, porque só temos a estrutura em cima, não temos paredes laterais. Então agora estamos tentando fechar a sala para dar mais comodidade às crianças", conta Edileuza. 

A estrutura que agora abriga os estudantes foi construída em esquema de mutirão, depois que a sede original, na Cidade de Deus, foi consumida em um incêndio no ano passado. 

Para continuar os trabalhos e finalizar a obra, a Filhos da Misericórdia precisa de materiais de construção e voluntários. Os interessados podem contatar a própria Edileuza, no telefone (67) 99322-0600, ou na sede do programa na rua Jará, quadra 30, lote 45.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions