A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/09/2014 13:07

Estudante de Medicina é acusada de tentar matar filho com medicamentos

Renan Nucci
Exames vão apontar se mãe deu medicamentos ao filho tentando matá-lo, diz delegada da DEPCA. (Foto: Arquiva/Campo Grande News)Exames vão apontar se mãe deu medicamentos ao filho tentando matá-lo, diz delegada da DEPCA. (Foto: Arquiva/Campo Grande News)

Uma estudante do curso de medicina está sendo investigada por tentar matar o filho de três anos, segundo a Polícia Civil. A mulher de 36 anos teria administrado superdosagem de medicamentos na criança que foi encontrada desacordada e está internada. O caso é apurado pela DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Campo Grande.

De acordo com a delegada Regina Márcia Mota, o caso aconteceu no último dia 30. A mulher, com problemas emocionais, teria dito a familiares que iria cometer suicídio. Preocupados, o tio e a avó foram atrás dela, mas encontraram a casa trancada. O local foi invadido no momento em que a estudante foi flagrada inserindo um comprimido dissolvido na boca do menino, que estava inconsciente.

A avó impediu a ação e pegou a criança no colo. A vítima foi encaminhada ao Hospital Regional, onde recebeu os atendimentos necessários, e agora, segue internada em observação. A mãe foi levada para a delegacia e afirmou que o filho estava inconsciente, pois teria tomado sozinho um remédio fitoterápico usado como calmante.

“Ela alega que a criança pegou a seringa por contra própria e colocou na boca, ingerindo o medicamento fitoterápico. A mãe conta também que no momento do flagrante, estava dando a ele remédios para febre. Foi aberto inquérito por tentativa de homicídio, mas somente os exames laboratoriais que foram solicitados vão apontar a verdade”, explica a delegada da DEPCA. Ainda segundo Regina, a mãe vai responde em liberdade.

Depca muda de prédio e não terá atendimento nesta terça-feira
Atendimento será retomado na quarta-feiraPor conta da mudança de prédio, a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente) nã...
DEPCA investiga mais de 200 casos de abusos contra crianças na Capital
Francisco JúniorA DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) está investigando atualmente cerca de 200 casos de abuso sexual contra cri...
DEPCA registrou 452 ocorrências de crianças desaparecidas em 2010
Em 2010 foram registrados 452 boletins de ocorrência de crianças desaparecidas em Campo Grande, de acordo com informações do delegado Elton Galindo, ...
Após prisão de surdo, pais procuram Depca para denunciar
Depois da divulgação das imagens de Enéias Silva Matos, 36 anos, mais três pais entraram em contato com a Depca (Delegacia Especializada de Proteção ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions