A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/04/2016 10:32

Ex-prefeito tenta se matar em hotel e é levado desacordado para UPA

Michel Faustino e Alberto Dias
Hotel Carandá, de onde Raul Freixes saiu, desacordado, levado pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Alberto Dias)Hotel Carandá, de onde Raul Freixes saiu, desacordado, levado pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Alberto Dias)
Raul Freixes foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão. (Foto: Arquivo)Raul Freixes foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão. (Foto: Arquivo)

O ex-prefeito de Aquidauana e ex-deputado estadual Raul Freixes tentou tirar a própria vida na manhã desta sexta-feira (8), em um hotel, no bairro Amambaí, em Campo Grande. A informação apurada pelo Campo Grande News é de que ele fez a ingestão exagerada de remédios controlados e foi socorrido desacordado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Tiradentes.

Funcionários do hotel disseram à reportagem que o ex-prefeito estava hospedado no local há dois dias e ele ficou o tempo todo no quarto. Segundo os funcionários, Raul Freixes entrou em contato com um veículo de comunicação da Capital dizendo que iria se matar e prontamente um jornalista ligou para o estabelecimento relatando o ocorrido.

Logo em seguida, a camareira foi até o quarto onde o ex-prefeito estava hospedado e ele a recebeu aparentemente alterado. Os funcionários acionaram o Corpo de Bombeiros e o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e quando os socorristas chegaram ele estava desacordado.

O ex-prefeito foi encaminhado para a UPA do bairro Tiradentes e até o momento não há uma atualização sobre o seu estado de saúde.

Condenação - Raul Freixes foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão, além da inabilitação por cinco anos para o exercício de cargo ou função pública, por desvio de dinheiro enquanto ocupava a prefeitura de Aquidauana.

O Ministério Público moveu ação penal contra o ex-prefeito e outros funcionários da Prefeitura por conta da retirada de R$ 61 mil dos cofres públicos.

O ex-prefeito municipal tem um histórico de condenações judiciais, que acabaram por comprometer suas pretensões políticas. Em 2008, foi condenado por simular pagamento a uma empreiteira e ter efetuado saque de R$ 100 mil em 2000, nove dias antes de sair da Prefeitura.

Ainda em 2008, Freixes desistiu de ser candidato a vice-prefeito em Aquidauana. Em 2009, foi condenado por contratar advogado sem licitação. Em 2010, teve candidatura barrada pela Justiça.



Melhor sorte da próxima vez......
 
Drago em 08/04/2016 16:10:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions