A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/01/2014 08:55

Fábrica troca lote e promete apurar causa de leite "coalhado"

Aliny Mary Dias
Lote com problema foi retirado das gôndolas (Foto: Marcos Ermínio)Lote com problema foi retirado das gôndolas (Foto: Marcos Ermínio)

Depois de varias reclamações de clientes que compraram caixas de leite longa vida com aspecto coalhado, a fábrica responsável pela produção do leite São Gabriel informou que o lote foi retirado de circulação e que amostras do líquido serão analisadas.

A Saga Industrial Ltda faz parte da Lactose Brasil, grupo que fabrica a marca, e afirmou ao Campo Grande News, por meio da assessoria de imprensa, que já entrou em contato com o Supermercado Legal para fazer a troca do lote.

A empresa explica ainda que amostras do produto passarão por análise interna na fábrica e outras serão encaminhadas para laboratórios externos, situação exigida por lei.

De acordo com a Vigilância Sanitária de Campo Grande, inspeções e fiscalizações só são feitas nesses casos se o consumidor ou algum representante do estabelecimento protocolar uma denúncia.

Até a manhã de hoje, nenhuma reclamação foi oficializada na Ouvidoria do órgão e, por isso, o caso não foi apurado pela Vigilância Sanitária.

A reportagem apurou ainda que algumas caixas do leite São Gabriel vendidas em estabelecimentos diferentes não possuem a inscrição do lote. A situação foi questionada à assessoria, mas não houve resposta.

Caso – Pelo menos cinco pessoas foram até o Supermercado Legal, localizado na Avenida Albert Sabin, no último dia 31, depois de comprarem as caixas. O geógrafo Luiz Carlos Zaparolli contou que foi até o mercado e comprou uma caixa do produto. Ao chegar em casa e abrir o leite, ele constatou que o líquido estava coalhado.

Conforme o gerente do supermercado, Alex Silva, algumas caixas do lote B1 R M1 fabricado no dia 2 de novembro deste ano e com validade até o dia 1º de março de 2014 apresentaram problemas.

Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Eu já fui vitima dessa empresa. anos atras detectei o mesmo problema e liguei no SAC do leite SÃO GABRIEL e reclamei! Vieram na minha casa com uma nova caixa de leite e nunca mais me deram satisfação do que poderia ter ocorrido. Dou uma sugestão simples aos ocnsumidores...comprei um leite de outra marca melhor e nunca mais está.
 
EDINALDO VIANA em 03/01/2014 14:02:08
Comprei duas caixas do referido leite, joguei fora. reclamar adianta?, providencias?quais providencias? sei: arcar com os preju
 
Ramão Rodrigues dos Santos em 03/01/2014 13:34:29
Depois de ler esta matéria fui verificar se o leite que comprei fazia parte deste lote, mas na caixa está marcada apenas a data de validade. Isso é um desrespeito com o consumidor, a informação sobre o lote do produto é obrigatória, justamente para que se possa verificar se o produto está com problemas, mesmo sem abrir e consumir. Por conta disso, não vou mais comprar leite São Gabriel.
 
Andressa Belanda em 03/01/2014 13:24:53
Aqueles empresários chineses que adulterou leite na China, foram fuzilados. E aquele escândalo do leite com soda da Parmalat, deu em quê?? Com certeza que esse da São Gabriel não vai dar em nada também.
 
Carlos Lamarca em 03/01/2014 11:15:00
Por favor, fecha o laticínio e vá trabalhar com outra atividade.
De preferencia que não seja nada na área alimentícia.
 
Romeu Luitz em 03/01/2014 10:54:54
Quer dizer que só há fiscalização se houver uma "denúncia formal"? Não deveria ser de praxe a frequente fiscalização dessas empresas, principalmente quando se trata da saúde (e até da vida) do consumir que é colocada em risco? Ainda mais que essa empresa já é reincidente? Este é mesmo o país de pão e circo e o povo fica feliz...Affff!! Estou indignada!!
 
Rosalina Siqueira em 03/01/2014 10:26:59
Não é a primeira vez que essa empresa se vê envolvida em fato dessa natureza, se não houvesse o sórdido "jeitinho brasileiro" deveria essa ser e permanecer fechada até o devido esclarecimentos dos fatos e quem sabe voltar a comercializar.
Enquanto isso, continuemos no país do carnaval, futebol.
 
Gabriel Torres em 03/01/2014 09:18:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions