A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/03/2013 10:17

Família acusa Polícia de agressão; caso é registrado como desacato

Nadyenka Castro e Luciana Brazil
Hematomas nos olhos de Rafael. (Foto: João Garrigó)Hematomas nos olhos de Rafael. (Foto: João Garrigó)

Uma família moradora no Jardim Calibri, em Campo Grande, acusa quatro policiais militares de agressão. Já a Polícia Civil, diz que o caso será registrado como desacato e resistência.

Sandra Cristina Lima, conta que era realizada na casa a festa de aniversário de 21 anos do filho, Rafael Lima Corvola. No local havia cerca de 20 pessoas e, em um determinado momento da madrugada, um casal discutiu.

Após a discussão, a mulher chamou a PM (Polícia Militar) e relatou que havia sido agredida pelo companheiro. Quatro policiais foram ao local e, segundo Sandra, perguntaram quem era o responsável pela festa.

Rafael, o aniversariante, se apresentou e, de acordo com a mãe dele, os militares tiraram o copo que estava com ele e bateram a cabeça do rapaz na viatura. Eles ainda, conforme Sandra, agrediram outro jovem que estava na confraternização.

Sandra tentou intervir e foi colocada na viatura. “Por mais que meu filho tivesse feito alguma coisa jamais poderiam deixar ele nesse estado. Todo roxo”, disse a mulher. O jovem está com hematomas nos olhos. Tia de Rafael, Lucila Corvola, 42 anos, declarou que a família irá acionar a Justiça.

A reportagem do Campo Grande News questionou os policiais envolvidos na ocorrência sobre a acusação da família, mas, eles não quiseram comentar o caso. “A gente não faz questão de falar”, disse um deles.

De acordo com a Polícia Civil, o caso será registrado como desacato e resistência.



que lega mesmo nè.
 
larissa araujo em 28/04/2013 12:27:03
esse tipo de pessoa não respeita os viozinhos nem a policia pau neles
 
DOUGLAS SILVA em 18/03/2013 00:34:37
O dever da POLÍCIA é organizar e não ESPANCAR. Quem garante que foi desacato? "Dono da festa", cadê seus amigos para testemunhar? Sou prova viva de que muitas vezes a polícia chega "SIM" mostrando autoridade através de agressão".
 
Estela Marques em 17/03/2013 23:30:46
essa area é apenas para dizer sobre doces e poesias
 
Claudemir Corvalan em 17/03/2013 22:32:43
eu estava em uma conveniência com o som do meu carro em volume alto, sabe como é né, algumas "piriguetes" dançando, quando chegou uma viatura e o policial perguntou de quem era o carro e eu me apresentei como sendo o proprietário do carro, eles simplesmente pediu para que eu abaixasse o som, eu abaixei o som e eles agradeceram e foram embora, eu estava errado mas se eu tivesse desrespeitado o trabalho deles com certeza seria preso e tem que prender mesmo é a policia que nos protege, temos que respeitar o direito dos outros eu sou marceneiro e não gostaria que ninguém fosse em meu serviço me desrespeitar
 
Fernando Ribeiro em 17/03/2013 20:54:20
que horror , a policia q é paga pela populaçao para nos defender , e agora temos q pagar esses homem para bater em nossos filhos? ainda bem q existe a lei da semeadura onde tudo tudo q plantamos colhemos pense nisso policiais.
 
eleuzina de lima em 17/03/2013 20:19:46
Esses bebados tem que entenderem que dentro do contexto democrático a denúncia é cabivel mais o onus da prova caberá sempre a quem acusa e caso n fique evidente cabera acionamento na justiça por danos morais e falsa acusação de crime. Isso é necessário se não a onda de denuncialismo vira banalidade com a unica intenção de deitar a lama a honra e a dignidade dos policiais e da instituição que tão bem cumprem sua obrigação constitucional de manter a ordem pública. Polícia nãe é psicólogo para chegar num local de baderna e dar conselho e nem Jesus Cristo para virar o outro lado do rosto quando levar um tapa do outro lado. Se quer ser bem tratado aja como um cidadão de bem e respeite seu vizinho que trabalha o dia todo e de noite quer descansar. Lugar de baderneito é na cadeia...
 
Paulo Candido em 17/03/2013 20:03:50
QUE LEGAL!!! QUER DIZER QUE A POLICIA DEVE SAIR BATENDO EM MEIO MUNDO ASSIM DO NADA??? AFINAL SÃO POLICIAIS OU LUTADORES DE UFC? É PARA ISSO QUE PAGAMOS IMPOSTOS... MUITO LINDO PARA A JUSTIÇA... AGORA NEM DENTRO DA PROPRIA CASA AS PESSOAS PODEM MAIS SE DIVERTIR QUE TODO MUNDO JA JULGA COMO BEBADO... PALMAS PARA OS COMENTARIOS!!!
 
paulo fulop em 17/03/2013 19:51:05
quem mora na periveria sabe o q a policia faz primeiro parte pra agressaõ. saõ policiais acostumados a agredir as familias mas as familias nunca dao queixa porque seus filhos devem a justiça mas dessa ves a policia bateu em trabalhadores gente do bem
 
lucilia corvalan em 17/03/2013 19:44:24
Só mesmo uma mãe alcoólatra também pra querer que alguém acredite numa "estória" dessa. A polícia chega tira o copo de bebida da mão do cara (bêbado) e ainda bate sua cabeça na viatura. Tenha dó, alguma coisa ele fez pra receber esse presente de aniversário de alguém que foi convidado de última hora. Um feliz aniversário pra ele, dá próxima vez convide a PM antes, peça orientações de como proceder sem perturbar o sossêgo de ninguém. Parabéns!!!
 
jorge oliveira em 17/03/2013 17:54:28
SE NUMA FESTINHA COM 20 PESSOAS SAI BRIGA O MELHOR É ESSA FAMILIA ESCOLHER MELHOR SEUS CONVIDADOS OU NAO FAZEREM FESTAS COM CONSUMISMO DE BEBIDAS,,,AI NINGUEM BRIGA E NEM CHAMAM A POLICIA, EVITANDO DESACATAR OS MESMOS...
 
SIMONE PESSOA em 17/03/2013 16:36:52
Conheço bem o trabalho da Polícia Militar. Eles não têm preparo psicológico para ouvir uma ofensa, dar voz de prisão, deter e encaminhar o indivíduo para a delegacia. Pelo "código" deles, é proibido aceitar desaforo, portanto agridem a pessoa mesmo. Depois, é só colocar no boletim de ocorrência que houve resistência e pronto. Quem vai acreditar em um bando de pobres que estavam embriagados? Em uma festa de rico, eles não fazem isso, certeza!

 
Thiago de Souza em 17/03/2013 15:24:48
ACHO ISSO TD UM ABSURDO COMO Q UM FAMÍLIA CHAMA A POLÍCIA P SER PROTEGIDA E É AGREDIDA, ACREDITO Q A LEI TEM Q SER CUMPRIDA MAS UMA NOVA AGRESSÃO VAI RESOLVER.....
 
raquel cardoso em 17/03/2013 14:28:39
pobre os que pensa que a policia esta feita e educada como a inquiciçao(sic)
 
max almeida em 17/03/2013 14:08:39
Quatro bandidos travestidos de PM.Enquanto bravos policiais da PM estão atras de incendiario, esses quatro,numa ação covarde, batem em bebados na frente de familiares.Todos sabemos que existe a ala podre da corporação.Isso não é ação de profissionais.Ou são novatos querendo se aparecer,ou já estariam,tambem,bebados.
 
samuel gomes campo grande em 17/03/2013 13:10:04
tadinho do inocente que pode dizer que foi que fez isso para culpar a pm ou brigou antes
 
claudinei braz em 17/03/2013 13:06:57
Concordo com o sr. Claudio Vieira, o maior problema encontrado nessa situação é o álcool, é muito difícil, mas muito difícil mesmo encontrar casos em que haja acusação de violencia por parte da Pm e que a vítima não esteja embriagada. É só fazer uma análise e verão as estatísticas, se não fosse a bebida alcoolica, a polícia trabalharia quase que exclusivamente em ocorrencias de roubo, furtos, sequestros... Mas infelizmente a realidade é que a PM trabalha no intuito de conter algazarras.ocasionadas pelo excesso de a[álcool.
 
Renan Peixoto em 17/03/2013 12:50:55
Da próxima vez chamem o Batman ou o super-men, que com seus poderes especiais são capazes de reagir a agressões de pessoas embriagadas sem deixar hematomas, ou melhor, ao invés de usarem armas e força física, os policiais deveriam chegar com flores e chocolates e é claro não esquecer o presente do aniversariante.
 
ricardo martins em 17/03/2013 12:20:05
Espero que seja apurado oque realmente aconteceu...Mais deixo minha opniao alguma coisa aconteceu para os policiais reagirem desta maneira...Apoio a Policia...
 
reynaldo gomes em 17/03/2013 11:53:18
Só um culpado nesta história!! O álcool, sem ele a vida seria mais feliz... pense nesta ideia!
 
Claudio Vieira em 17/03/2013 11:51:08
esse povo mete o pau na policia mais quando precisa pra quem que ligam?esses bebados deveriam ir todos presos mesmos...deixa a policia trabalhar...
 
lena campos em 17/03/2013 11:42:54
Isso é muito comum, altas horas da madrugada, muitas pessoas embriagadas, um e outro alterado, violência, agressões, às vezes som altíssimo... ACIONA-SE A POLÍCIA... quando a PM chega é recebida como indesejada... comum algum ébrio tratar a polícia com descaso, ofensa e até mesmo desacato... a população tem que entender que quando se chama a polícia, ela vai pra resolver o problema que já foi ocasionado, então respeitem o trabalho da PM, deixem que façam seu trabalho que tudo será resolvido da melhor forma possível, afinal os profissionais de segurança pública querem apenas cumprir sua missão e voltar em paz pras suas casas e não arranjar problemas pros seus dias de folga!
 
Jean Cardoso em 17/03/2013 10:35:33
a sociedade espera que este caso seja apurado com o rigor que é preciso, afinal de contas, a polícia não é paga para agredir a população, conforme acusa a família, e sim para cumprir a lei.
 
adriana simas em 17/03/2013 10:35:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions