A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/02/2016 10:25

Feira em praça expõe artesanatos e realiza palestras para empreendedores

Renata Volpe Haddad e Mariana Rodrigues
1º Feira da Sedesc tem 22 stands em exposição de artesanatos e produtos feitos com apoio da secretaria. (Foto: Fernando Antunes)1º Feira da Sedesc tem 22 stands em exposição de artesanatos e produtos feitos com apoio da secretaria. (Foto: Fernando Antunes)

A 1º feira de Desenvolvimento Econômico da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Ciência e Tecnologia e do Agronegócio), está sendo realizada na praça Ary Coelho neste sábado (13), com 22 stands em exposição de produtos produzidos por empreendedores.

Com objetivo de mostrar os serviços da secretaria e que podem ser utilizados pela população, como o turismo, investimento na pesca, agronegócio e os avanços econômicos no comércio local e indústria, a secretária titular Dharleng Campos de Oliveira, alega que esta é uma oportunidade onde as pessoas podem encontrar geração de renda e possibilidades de abrir novos caminhos.

"Os empreendedores informais podem ir até a praça para buscar informações sobre como se legalizar. Vão ter palestras de como preparar um currículo, como se apresentar em uma entrevista", alega.

No evento haverá apresentação do turismo de Campo Grande e do turismo rural e suas potencialidades. O departamento do agronegócio também participa da feira e apresentará para o público, os principais objetivos que são de estimular e apoiar os processos de construção do desenvolvimento rural sustentável da Capital.

Exposição fica até às 13h na praça Ary Coelho. (Foto: Fernando Antunes)Exposição fica até às 13h na praça Ary Coelho. (Foto: Fernando Antunes)

Com um stand de mel, uma das responsáveis pela produção do Mel Serra da Bodoquena, Siele Souza, 22, comenta que o produto é produzido na encubadora municipal Norman Edward Hanson, localizado no bairro Santa Emília. "Acho muito importante esse evento acontecer, pois só quem conhece nosso trabalho é quem mora no bairro e assim, podemos expor nossos produtos", afirma.

A design e pós graduada em artesanato, Jane Clara Arguello, que dá cursos de artesanatos no Cras (Centro de Referência de Assistência Social), explica que todos os artesanatos feitos, são com materiais sustentáveis. "Usamos banners, malote de correio, fibra de bananeira, garratas pet para produzirmos bolsas, brincos, colares, bonecas e outros itens", informa.

Todos os produtos em exposição estão sendo vendidos. A feira fica na praça até às 13h.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions