A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

10/09/2017 11:36

Feriado prolongado registrou sete mortes no trânsito em Campo Grande

Alta velocidade e embriaguez ao volante estão entre as infrações cometidas pelos motoristas envolvidos nas colisões

Viviane Oliveira
Acidente entre dois veículos matou duas pessoas e deixou cinco feridas (Foto: Izabela Sanchez) Acidente entre dois veículos matou duas pessoas e deixou cinco feridas (Foto: Izabela Sanchez)

Sete pessoas morreram no trânsito de Campo Grande durante o feriado prolongado. As mortes foram registradas em avenidas, ruas e rodovias - que ficam no perímetro urbano da cidade. Alta velocidade e embriaguez ao volante estão entre as infrações cometidas pelos motoristas envolvidos nas colisões. Em um dos casos, o condutor que causou o acidente com duas mortes e cinco feridos estava bêbado e tentou fazer uma ultrapassagem indevida.

A contagem começou na quarta-feira (6), quando Newton da Silva, 77 anos, foi atropelado por uma motocicleta Honda CG Titan 125, por volta das 13h. O acidente aconteceu na Avenida Ana Luíza de Souza, no Bairro Pioneiros. O idoso chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Na quinta-feira (7), Cleberson Alves Ferreira, 33 anos, e Eliane dos Santos Gimenez, 39 anos, morreram e cinco pessoas ficaram feridas em acidente entre dois veículos, no anel rodoviário, próximo ao shopping Bosque dos Ipês.

O motorista Matias Marques da Silva, 47 anos, que causou o acidente, segundo a Polícia Civil, estava bêbado e vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, lesão corporal culposa, e embriaguez ao volante. Ele também se feriu e continua internado no hospital. 

Na sexta-feira (8), Roberto Lira, 63 anos, morreu em colisão envolvendo três carros na BR-262, no Indubrasil. Segundo informações do boletim de ocorrência, o idoso conduzia um Fiat Uno quando perdeu controle da direção, invadiu a contramão e bateu em outros dois automóveis.

Hoje de manhã ainda era possível encontrar pedaços da lataria dos carros, na Avenida Doutor Nasri Siufi, na região do Jardim Batistão.(Foto: Marina Pacheco) Hoje de manhã ainda era possível encontrar pedaços da lataria dos carros, na Avenida Doutor Nasri Siufi, na região do Jardim Batistão.(Foto: Marina Pacheco)

O outro acidente fatal foi na Avenida Rachid Neder perto da esquina com a Rua Artur Jorge, no Bairro Monte Castelo. A soldado da Polícia Militar Marcelle Cristine da Silva Marques, 27 anos, havia deixado o plantão e seguia para a casa, quando bateu o carro que dirigia em uma árvore, na madrugada de ontem (9).

Por volta das 3h30 de hoje, soldado do Exército Lucas Prado Sousa, 19 anos, morreu após colidir o carro que conduzia contra outro veículo, na Avenida Doutor Nasri Siufi, na região do Jardim Batistão. Segundo a polícia, Lucas não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e seguia em alta velocidade.

O velocímetro do carro dele travou em 100 km/h. Nas últimas 24 horas, das 6h de ontem às 6h de hoje, foram registrados 18 acidentes, sendo sete com vítimas e uma morte, conforme dados do BTPtran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions