ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Fiscalização encerra duas festas em fim de semana que teve mais de mil nas ruas

Além disso, um homem parou na delegacia por desrespeitar medida sanitária e resistir à abordagem

Por Guilherme Correia | 27/09/2020 11:40
Fiscais da Guarda durante fiscalização na madrugada (Foto: Divulgação)
Fiscais da Guarda durante fiscalização na madrugada (Foto: Divulgação)

Neste final de semana, equipes da GCM (Guarda Civil Metropolitana) abordaram 1.154 pessoas nas ruas de Campo Grande durante o horário do toque de recolher, que vai de meia-noite às 5h do dia seguinte. Além disso, somente na madrugada de hoje (27), duas festas foram encerradas e um homem foi parar na delegacia por desrespeitar medida sanitária de prevenção à covid-19 e resistir à abordagem.

De sexta-feira para sábado foram 570 abordagens, conforme noticiado pelo Campo Grande News, enquanto de sábado para domingo foram 584, um dos maiores registros feitos desde o início do toque de recolher na Capital.

Procurada, a assessoria de imprensa da GCM não informou mais detalhes sobre os eventos que aconteceram na madrugada, bem como infrações registradas em delegacia.

Os fiscais da Guarda também orientaram 38 estabelecimentos comerciais a respeitarem medidas de biossegurança para prevenir infecção pelo novo coronavírus, e receberam, ao todo, 225 ligações por meio do telefone 153, que atende denúncias e reclamações da população.

Foi durante a fiscalização, inclusive, que uma pessoa foi conduzida à delegacia por praticar violência doméstica.

No trânsito - Em pareceria com Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e Agetran (Agência Municipal de Trânsito), 170 carros e 24 motocicletas foram paradas no Mirante da Avenida Duque de Caxias e na Avenida Afonso Pena.

Os respectivos motoristas e pilotos passaram por "teste passivo" para identificar se a pessoa ingeriu álcool antes de conduzir o automóvel. Desses, 17 pessoas passaram por testagem "BAF-300", considerada mais eficiente.

 Segundo boletim da GCM, dentre as infrações identificadas, dois dirigiam sob influência de álcool, um dirigia "com calçado que não se firme aos pés", uma pessoa manuseava celular enquanto dirigia e outro não usava cinto de segurança. Além disso, sete indivíduos se recusaram a passar por exame.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário