A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

26/08/2019 07:54

Fôlego e dedicação: Corrida do Facho abre a festa no aniversário de 120 anos

As provas são acompanhadas pelo público que acorda cedo para garantir lugar na arquibancada

Aline dos Santos e Clayton Neves
Fôlego e dedicação: Corrida do Facho abre a festa no aniversário de 120 anos
Prova de revezamento de bastão é realizadas nas ruas do Centro da cidade. (Foto: Henrique Kawaminami)Prova de revezamento de bastão é realizadas nas ruas do Centro da cidade. (Foto: Henrique Kawaminami)

Com 17 equipes, a Corrida do Facho abre nesta segunda-feira (dia 26) a programação dos 120 anos de Campo Grande. A prova de revezamento pelas ruas da cidade aconteceu em duas modalidades: feminina e masculina.

A prova feminina teve largada às 6h, com vitória da equipe Farlek. O segundo lugar ficou com as corredoras da Kamikaze. A equipe Adac foi a terceira colocada.

Atleta profissional e da equipe vencedora, Carol Alves dos Santos, 32 anos, conta que pela primeira vez competiu em uma prova de revezamento. Cada corredora percorre um quilômetro. Nos últimos dias, ela tem contabilizado conquistas. Carol também foi vencedora na corrida dos Jogos Radicais Urbanos, realizada no último dia 24.

Bianca Correa, 26 anos, que é militar, participou pela primeira vez da prova de revezamento. “A prova é de explosão e o tempo seco atrapalhou um pouco”, afirma. Na modalidade feminina, a Corrida do Facho tem trajeto de cinco quilômetros.

Na prova masculina, a distância percorrida pelos atletas é de 10 quilômetros. O motorista Ismair Alves da Silva, 35 anos, decidiu estrear em 2019 na Corrida do Facho. “Há cerca de um mês, mudei o foco do treino para me preparar. A intenção é sempre vencer. Mas, além disso, o mais importante é respeitar o adversário, o congraçamento e as amizades que se faz”, diz. A prova masculina foi vencida pela equipe Arcop/Cassems. 

Diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), Rodrigo Terra destaca a inclusão da prova feminina no calendário. “Era um pedido antigo e a prova tem bastante procura. A corrida é um dos eventos esportivos mais tradicionais e esperada pelos competidores”, diz.

As provas são acompanhadas pelo público que acorda cedo para garantir lugar na arquibancada. “Enquanto a perna estiver boa, eu venho. Sou campo-grandense e amo Campo Grande”, afirma a cozinheira Iolete Carlos, de 58 anos. Neste ano, não teve a Alvorada Festiva, o primeiro evento de 26 de Agosto, que acontecia na Esplanada dos Ferroviários. 

Carol estreou com vitória em prova de revezamento. (Foto: Henrique Kawaminami)Carol estreou com vitória em prova de revezamento. (Foto: Henrique Kawaminami)
Iolete Carlos (de blusa amarela) chegou cedo para garantir lugar na arquibancada: Amo Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)Iolete Carlos (de blusa amarela) chegou cedo para garantir lugar na arquibancada: "Amo Campo Grande". (Foto: Henrique Kawaminami)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions