A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/06/2012 10:53

Rapaz confessa furto de R$ 50 mil que iriam para caixas, mas fica livre

Francisco Júnior e Paula Maciulevicius

Na delegacia, funcionário de empresa de segurança disse que estava precisando do dinheiro

Polícia recuperou parte do dinheiro. (Foto: divulgação)Polícia recuperou parte do dinheiro. (Foto: divulgação)

Um rapaz de 31 anos, funcionário de uma empresa de segurança, foi detido na noite de ontem (27), no Jardim Aeroporto, em Campo Grande, acusado de furtar R$ 50 mil. Marcos Antonio dos Santos era responsável por repor o dinheiro em caixas eletrônicos.

Marcos Antonio trabalhava na empresa há cinco anos. Como não foi feito flagrante, ele foi ouvido e liberado em seguida.

De acordo com o delegado do Garras (Delegacia Especializada a Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), Roberval Mauricio Cardoso Rodrigues, os investigadores chegaram até o acusado durante investigações de assalto a caixas eletrônicos em Campo Grande.

Conforme o delegado, o rapaz confessou o crime e justificou dizendo que estava precisando do dinheiro. Com parte da quantia, ele comprou matérias de construção e uma televisão.

No dia 14 deste mês, ao fazer o depósito no equipamento, programou uma quantia, mas inseriu valor bem abaixo do informado no terminal bancário.

Antes de o funcionário ser preso, a empresa já havia dado falta da quantia e iniciou uma auditoria para apurar o que aconteceu.

Marcos Antonio trabalhava na empresa há cinco anos. Como não foi feito flagrante, ele foi ouvido e liberado em seguida.

O funcionário foi autuado pelo crime de furto qualificado pelo abuso de confiança.



Não é que não vai preso, não ficou preso no período que vai do inquérito policial até o trânsito em julgado da sentença condenatória. Haja vista que todo mundo é inocente até o trânsito em julgado da sentença. Portanto, após a condenação ele vai pagar pelo crime.
 
Mário Rosa em 29/06/2012 08:59:21
Eu tenho uma colega que sacou 50,00 reais falso de um caixa na cidade, todo mundo ingenuamente duvidou dela, menos eu, que sei que o caixa é eletrônico mas por traz do outo serviço quen opera é um ser humano podendo ser onesto ou não.
 
jorge ferreira em 28/06/2012 11:40:55
Ué ninguém mais vai preso? o cara rouba 50 mil e é liberado, o outro mata um fere 3 e é liberado, como assim?
 
Matheus Cestari em 28/06/2012 11:26:00
Desse jeito, vai ter gente fazendo justiça com as próprias mãos!!
 
watson sule em 28/06/2012 07:58:54
É revoltante, qtos crimes absurdos como assassinatos, formação de quadrilha, roubos, estupros etc, etc e os marginais estão livres porque pegaram advogado de renome enquanto outro cometeu crime tbe embora não é bandido e está atrás das grades. Parece que temos dois pesos e duas medidas... Depende do amor do pai pelo filho e do advogado que ele contratar.
 
Lourdes Oliveira em 28/06/2012 05:40:00
Nossa Justiça é pai kkkkkkkk não é Padrasto, tudo aki no Brasil pode,é de se admirar mas fazer o que, estamos IMPOTENTES COM TANTAS IMPUNIDADES
 
Aparecida Lourdes Leite em 28/06/2012 01:47:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions