ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Furto de fiação de energia prejudica venda de passagem no Terminal Guaicurus

Cerca de 100 metros de fiação foram furtados durante a madrugada desta quinta-feira

Por Viviane Oliveira e Antonio Bispo | 29/02/2024 07:38


O Terminal Guaicurus, localizado no Bairro Universitário, na saída para São Paulo, teve a fiação de energia furtada. Uma das entradas foi afetada e o serviço de venda de passagem improvisado. “Está tudo escuro, só escuridão aqui”, reclama passageira que encaminhou vídeo, veja acima, à redação.

Conforme apurado pela reportagem, ladrões subiram no telhado e puxaram cerca de 100 metros de fiação, deixando parte do terminal sem energia. O furto só foi descoberto no início da manhã desta quinta-feira (29), quando a funcionária que fica na cabine de venda de passagem percebeu que não havia energia.

Para resolver parcialmente o problema, foi colocado um ônibus na entrada do terminal para os passageiros, que ainda não tinham comprado a passagem, passarem pela catraca, fazer o pagamento, sair pela porta do meio e entrar no terminal. Uma equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) já está no local colocando uma nova fiação. Funcionários relataram que era recorrente o furto de fiação, mas fazia 8 meses que o caso não era registrado.

Ônibus que foi colocado na entrada do terminal para os passageiros comprarem a passagem (Foto: Henrique Kawaminami) 
Ônibus que foi colocado na entrada do terminal para os passageiros comprarem a passagem (Foto: Henrique Kawaminami)

Fiação de energia é muito visada por ladrões, principalmente por dependentes químicos. Depois de furtados, os criminosos fazem a queima dos fios para retirada do plástico que envolve o cobre. Em seguida, vendem o produto em lojas de sucatas, transação que resulta nos crimes de furto e receptação qualificados.

A Agetran pede para quem presenciar episódios semelhantes acionar, imediatamente, equipe da Guarda Civil Metropolitana pelo número 153, que funciona 24 horas. O nome do denunciante será mantido em sigilo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias