A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/10/2015 14:14

Garoto fica ferido ao levar choque elétrico em caixa de hipermercado

Filipe Prado

Um menino de 11 anos levou choque durante compras no Hipermercado Extra, localizado na Rua Antônio Maria Coelho, no Centro. A criança ficou com as mãos feridas ao encostar em dois caixas, onde sofreu a descarga elétrica. O caso aconteceu no mês passado na Capital.

De acordo com a advogada da família da vítima, Nathasca Guedes, a criança e o avô foram até o hipermercado a pé. Depois de pegar os produtos, foram até o caixa, momento em que o menino encostou nas bancadas e foi eletrocutado.

O responsável pela criança precisou empurrá-lo para que ele conseguisse se soltar. Ao cair no chão, começou a tremer.O avô apontou que o hipermercado não prestou socorro ao menino e precisou levá-lo a pé para casa, onde acionou a mãe do garoto, que o levou até o Pronto Atendimento Integrado, na Avenida Afonso Pena.

O pai do menino foi até o hipermercado, enquanto a criança estava no hospital, para entender o que havia acontecido e conseguir suporte do estabelecimento para o tratamento do menino, porém eles não quiserem prestar auxílio.

Cerca de uma semana depois, o hipermercado procurou a família alegando que prestaria toda assistência para o garoto, porém eles já haviam gasto com o tratamento, como soro e a medicação para a dor.

Nathasca afirmou que a família propôs ao mercado um acordo extrajudicial, para pagamento de indenização pelo susto e omissão de socorro, porém o estabelecimento não aceitou. Por conta disso, foi instaurada uma ação de danos morais e materiais contra o hipermercado, para o pagamento das despesas.

A advogada possui laudos médicos e um boletim de ocorrência que comprovam as lesões ocasionadas pelo choque. Ainda apontou que o juiz responsável pelo caso pediu a intervenção do MPE (Ministério Público Estadual).

O Campo Grande News entrou em contato com a assessoria de imprensa do hipermercado Extra, porém até a finalização desta matéria não foi apresentada resposta.

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido por grupo
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Uma vez comprei uma carne nesse msm supermercado para um churrasco com a família. .. mas estava podre kkkk agora choque em criança no caixa essa é nova... antigo Jumbo tá meio sucateado precisando de uma boa reforma e mais atenção com os produtos.
 
Bruno Sodre Duarte em 30/10/2015 18:10:09
Agora tem que furar o zóio do Extra, eu não sei o que acontece com aquele Hipermercado, nunca na vida eles tiveram um gerente mais ou menos, não to nem falando de ser bom não, mais ou menos mesmo, eles só contratam gente burra que ao inves de evitar processos conseguem provocar a ira dos clientes que não estão errados, agora tomara que a juiza de uma sentença alta para a indenização e ainda consiga deixar o estabelecimento fechado por alguns dias até eles explicarem como uma criança leva um choque destes no caixa do lugar, ah, tomara que o gerente que estava na hora perca o emprego para ver que gerenciar um mercado deste porte não é ficar parado feito um porta retrato, tem que tomar a frente e agir antes que o fregues aja.
 
Max em 30/10/2015 17:01:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions