A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/08/2015 15:24

Governo estuda terceirizar e incluir atração abandonada em roteiro de visitação

Michel Faustino e Priscilla Peres
Projeto é transformar imóvel abandonado no coração do Parque das Nações Indígenas em um museu. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)Projeto é transformar imóvel abandonado no coração do Parque das Nações Indígenas em um museu. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)
Em abril deste ano, secretários e o governador Reinaldo Azambuja estiveram vistoriando o espaço. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)Em abril deste ano, secretários e o governador Reinaldo Azambuja estiveram vistoriando o espaço. (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)

O governo do Estado pretende transformar o imóvel construído dentro do Parque das Nações Indígenas, conhecido como a “Casa do Homem Pantaneiro”, em um museu destinado a cultura sul-mato-grossense. De acordo com o secretário de Estado, Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Jaime Verruck, uma das alternativas para tirar o projeto do papel seria passar a gestão a iniciativa privada e incluir a atração no roteiro turístico do Estado.

Segundo Verruck, por conta de conflitos quanto a destinação do espaço, o governo decidiu requerer o imóvel, que desde 2013 estava sob a tutela da Fundação Manoel de Barros. Conforme o secretário, no início do mês, o imóvel passou a ser de responsabilidade plena do governo, que a partir de então tem buscado alternativas para utilizar o local de forma adequada.

O secretário ressalta que uma das alternativas seria buscar parceria com a iniciativa privada para transformar o espaço, que hoje está abandonado e sendo alvo de vândalos, em um museu destinado a cultura pantaneira e sul-mato-grossense.

Verruck lembra que o local poderá ser incluído no roteiro turístico do Estado, e ganharia ainda mais notoriedade por estar instalado ao lado do Aquário do Pantanal, sendo possível oferecer ao visitante uma visitação simultânea.

“A gente pode pensar em uma visitação casada, desta forma ampliaria o potencial da casa como atração turística. Com coisas do campo, e tudo mais que fará com que o visitante se sinta em uma verdadeira sede de fazenda no meio do pantanal”, comentou.

Conforme Verruck, ainda não há prazo para a transformação que vai depender da forma  que o governo irá gerir o espaço.

O que é? – A Casa do Homem Pantaneiro foi um projeto desenvolvido pela Fundação Manoel de Barros para se tornar a sede da entidade, que atualmente fica na Rua 26 de Agosto. O espaço foi cedido pelo governo e, segundo a assessoria da instituição, ficou totalmente pronto em meados do ano passado.

O projeto é de 2006, quando foi lançado pelo Governo Zeca do PT. A obra foi iniciada em outubro de 2010 e está orçada em cerca de R$ 684 mil, com recursos dos Governos do Estado e Federal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions