ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  17    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Grávidas que tomaram 1ª dose de Astrazeneca vão ser vacinadas com Pfizer hoje

Segundo a Sesau, ao menos 33 gestantes receberam a 1ª dose de Astrazeneca e devem receber 2ª nesta quarta

Por Guilherme Correia | 28/07/2021 07:27
Mulher grávida é vacinada contra a covid-19 em drive-thru na Capital (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Mulher grávida é vacinada contra a covid-19 em drive-thru na Capital (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) informa que gestantes que tomaram a primeira dose de Astrazeneca em Campo Grande estão aptas a receber a segunda dose de Pfizer para concluir o ciclo vacinal. Esse público poderá comparecer na Seleta, das 7h30 às 12h, para receber o imunizante, caso esteja dentro do prazo estipulado.

Essa decisão segue orientação do Ministério da Saúde, que autorizou essa troca de vacinas - apelidada de "intercambialidade" - na semana passada. Nesta semana, inclusive, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, confirmou a possibilidade de mudança nas mulheres vacinadas em Mato Grosso do Sul.

Segundo dados da prefeitura, cerca de 3,5 mil grávidas com ou sem comorbidades foram vacinadas contra a covid em Campo Grande, sendo que 1,9 mil já foram imunizadas.

A vacinação desse público começou na Capital em abril, restrita apenas a mulheres com comorbidades, com doses da Coronavac. No mês seguinte, foi adicionado imunizante da Pfizer para proteger essas mulheres.

Astrazenca - Segundo a Sesau, o município não destinou doses da Astrazeneca para gestantes, mas "houve registro de mulheres que acabaram recebendo o imunizante por pertencerem a outros públicos prioritários contemplados na campanha de vacinação e, eventualmente, não saberem que estavam grávidas".

Essas e outras grávidas têm sido acompanhadas pela pasta, por meio do do programa de telemonitoramento chamado “Alô, mamãe”, que faz busca ativa para identificar possíveis reações aos fármacos.

Ainda conforme a pasta municipal, ao menos 33 gestantes receberam a primeira dose de Astrazeneca e devem receber a segunda dose de Pfizer. Nesta semana, o Campo Grande News verificou que, segundo dados do governo estadual, seriam 115 grávidas nessas condições, mas foi verificado também uma série de divergências em relação aos registros oficiais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário