A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/10/2011 08:43

Greve continua e bancários esperam contato da Fenaban ainda hoje, diz sindicato

Vinícius Squinelo
Das 70 agências da Capital, 70 permanecem sem atendimento (foto: Sindicato dos Bancários)Das 70 agências da Capital, 70 permanecem sem atendimento (foto: Sindicato dos Bancários)
Manifestaçãod so bancários no centro de Campo Grande. (Foto: Sindicário)Manifestaçãod so bancários no centro de Campo Grande. (Foto: Sindicário)

A greve dos bancários em Mato Grosso do Sul segue firme, e sem data para terminar. A expectativa, segundo o Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, é que a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) indique uma volta das negociações.

“Apostamos sempre na negociação, e hoje pode acontecer algo, os bancos não têm interesse nesta greve, afinal, quem perde é toda a sociedade”, afirmou Benício Pereira Faustino, diretor de relações sindicais.

Em todo o Brasil, a expectativa é que a greve, deflagrada última terça-feira (27), se intensifique. Na Capital, o sindicato segue visitando as agências que ainda permanecem abertas, visando aumentar a adesão da classe, que chega a 76%.

Das 90 agências bancárias de Campo Grande, cerca de 70 permanecem fechadas para atendimento ao público, segundo o Sindicato dos Bancários.

Todos os dias, o sindicato realiza reuniões de balanço das ações. Até o momento não houve uma contraproposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) para a classe.

Os bancários reivindicam 12,8% de reajuste salarial,enquanto a Fenaban ofereceu um máximo de 8% de aumento.

Também há paralisações em Dourados e Região e em Corumbá.

Contas - Uma opção para quem quer pagar as contas, ou realizar operações bancárias simples, são os pontos conhecidos como “fáceis”, de vários bancos e espalhados por Campo Grande. Nestes locais, é possível pagar boletos bancários, realizar saques e depósitos, e outras operações.

Para quem é cliente da Caixa Econômica, também nas Lotéricas é possível sacar ou depositar dinheiro, além de efetuar pagamentos.



Fui demitido em 10 de agosto, ainda não recebi o meu FGTS devido a greve. Estou devendo a escola da minha filha e sem dinheiro para resolver outros problema que se acumulam feito bola de neve. Eles querem resolver os prblema da classe e enchem as pessoas de dividas e preucupações.
 
Romário Martins de Jesus em 07/10/2011 03:47:22
sou aposentado, meu cartão de pagamento do banco do Brasil vence em outubro, não tenho dinheiro, tenho que fazer pagamento via depósito identificado no 5. dia util . As partes não se acertam e nós ficamos a merce dos acontecimentos. Fantástico governo, fantástico país.
 
vardeley martins em 04/10/2011 10:59:46
Sou ex-bancario, nos anos 70/80, sindicalista,
em nosso banco, nao entrava, nao vou citar o
nome, mas era o maoir banco da aamerica la/
tina. Entravamos as 6 hrs da manha e nao tinha/
mos horario pra sair, e eramos felizes, agora tudo
no teclado, horario reduzido, creio que esse pessoal
estao chorando de barriga cheia. Depois sao demetidos,
que com certeza ira acontecer.E os clientes !!!!!
 
Luciano Rosa em 03/10/2011 12:29:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions