ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Idosos que se vacinaram contra covid no interior podem tomar reforço na Capital

Sem formalizar solicitação, dose de reforço não será aplicada, mesmo procurando um dos pontos de imunização

Por Adriel Mattos | 16/09/2021 16:56
Cidadão deve pedir 3ª dose à Sesau e aguardar encaminhamento. (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Cidadão deve pedir 3ª dose à Sesau e aguardar encaminhamento. (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

A prefeitura de Campo Grande autorizou a partir desta quinta-feira (16) que qualquer idoso ou pessoa imunossuprimida que se vacinou contra a covid-19 em qualquer cidade do Brasil possa receber a dose de reforço. Para isso, basta apenas apresentar o comprovante de imunização das duas doses.

“A pessoa irá protocolar a requisição, preenchendo um formulário onde ela explica porque precisa que a vacina seja aplicada aqui e comprovar que as duas doses foram aplicadas, através do cartão de vacinação”, declarou o titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), José Mauro de Castro Filho.

Campo Grande está conectado ao SI-PNI (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações), mas não tem acesso as bases de dados dos municípios do interior. “Após o recebimento do formulário, será feita a análise do caso e, comprovada a aplicação das duas doses, o requerente receberá uma ligação informando o local que ele deverá comparecer para tomar a dose de reforço”, explicou Castro Filho.

A estratégia foi adotada para controle de doses, uma vez que o quantitativo total enviado pelo Ministério da Saúde é baseado na população de cada município e estes idosos não estão contabilizados como moradores de Campo Grande.

Como fazer? - Quem tomou as duas doses em outra cidade pode requerer a dose de reforço na sede da Sesau, na Rua Bahia, 280. Além de preencher um formulário, o cidadão deve apresentar cópias de documento oficial com foto, da carteira de vacinação e um número de telefone de contato.

A Sesau alerta que quem não formalizar a solicitação não receberá a dose de reforço, mesmo que compareça diretamente a um dos pontos de vacinação da cidade, uma vez que, assim que autorizada, a pessoa será referenciada para um local de imunização específico.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário