A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/07/2014 17:46

Indíce de infestação cai e Capital não corre risco de nova epidemia

Filipe Prado
Comparado com 2013, o índice de infestação caiu para 0,4 em Campo Grande (Foto; Marcelo Calazans)Comparado com 2013, o índice de infestação caiu para 0,4 em Campo Grande (Foto; Marcelo Calazans)

Atingindo o índice de 1,4 em julho do ano passado, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) divulgou hoje (16) o LIRAa (Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti) de julho de 2014 e constatou que Campo Grande não corre risco de uma nova infestação. A médica da Capital chegou a 0,4, índice considerado satisfatório.

De acordo com Alcides Ferreira, coordenador do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), o índice está bem abaixo do registrado no mesmo período do ano passado. “Está satisfatório, bem abaixo de um”, número considerado de alerta, conforme o levantamento.

Para ser considerado epidemia, explicou Ferreira, o índice deve ser maior do que três, número não registrado em Campo Grande. Porém a região do Bairro Noroeste registrou o índice de 1,6, acima da média da Capital e em situação de alerta.

“No último LIRAa, em maio, o bairro registrou 5,6, bem acima do desejado, mas através do trabalhos concentrados na região, conseguimos baixar e no próximo ainda estará maior”, assegurou o coordenador.

Ele ainda destacou que os moradores podem solicitar a intensificação da fiscalização em determinadas áreas, como na região do Aero Rancho. “Os moradores pediram a intensificação e os agentes constataram vários focos de dengue, então a fiscalização foi intensificada”, explicou.

De acordo com o LIRAa, até julho deste ano foram notificados 3088 casos de dengue e nenhum óbito, já no mesmo período do ano passado 43488 casos foram notificados e 12 morreram.

Ranking – Em Campo Grande os bairros com maior número de infestação são o Noroeste e Jardim Veraneio, com índice de 1,6. Em seguida o Taveirópolis, Caiçara e União, com 1,2. Fechando o ranking com os bairros Maria Aparecida Pedrossian, Itamaracá, Guanandi, Taquarussu, Vila Jacy, Alves Pereira, Parque dos Pioneiros em 3º posição, todos com o índice de infestação de 0,3 no LIRAa.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions