A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/10/2011 13:01

Investigação sobre incêndio começa e Polícia Civil vistoria prédio

Paula Vitorino

A Polícia Civil esteve no Edifício Leonardo Da Vinci na manhã desta segunda-feira (3) para realizar vistorias, um dia após a tragédia que matou o jovem Giovanni Dolabani e deixou quatro pessoas feridas.

De acordo com o delegado responsável pela equipe, Fábio Sampaio, o procedimento não faz parte da perícia, que já foi realizada logo após o incêndio, que começou por volta das 2h da madrugada de domingo, no apartamento 904 do 9º andar, na segunda torre.

“É uma vistoria para o delegado ter suas próprias impressões sobre o local. Apesar da perícia, é importante que o responsável vá até o local para analisar pessoalmente”, explica.

O incêndio danificou principalmente dois apartamentos, mas também há marcas de fogo por vários outros. Mas os moradores estão instalados no prédio normalmente.

O delegado explica que a avaliação final do que causou o incêndio e se houve falha no socorro só poderá ser feita após o resultado da perícia. De acordo com o coordenador geral de perícias, Alberto Dias Terra, o laudo deve ficar pronto em 10 dias, mas pode ser prorrogado caso haja necessidade de novas perícias.

O caso será investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande.

A reportagem tentou contato durante toda a manhã com a Plaenge, mas não obteve retorno. O Campo Grande News também esteve no edifício, mas foi informado de que a síndica não estava no local.

Nesta manhã, Giovanni foi enterrado no Jardim das Palmeiras. Outros quatro moradores estão internados em estado por conta da intoxicação com a fumaça.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions