A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

24/11/2017 19:03

Jovem diz à polícia que tentou roubar bebês após perder um filho

Usuária de drogas, ela apresenta quadro psicológico complicado, segundo a delegada do caso, e não via a mãe há mais de mês

Marta Ferreira e Guilherme Henri
A mãe, entrando no carro, com o bebê que foi sequestrado. (Foto: Paulo Francis)A mãe, entrando no carro, com o bebê que foi sequestrado. (Foto: Paulo Francis)

Droga, doença psiquiátrica, distância da família. São itens que compõem o perfil da jovem de 21 anos presa nesta sexta-feira (24), com um bebê de 7 meses sequestrado dos braços da babá, em uma residência no bairro Belo Horizonte, em Campo Grande. Identificada como Kaira Fernanda Soares, a jovem tentou cometer o crime duas vezes. Na quinta-feira, havia feito o mesmo com um bebê de 4 meses, que foi devolvido à família .

À polícia, Kaira disse que fez tudo isso para mostrar a criança à mãe, depois de ter perdido um bebê recentemente. A delegada do caso, Marília de Brito Martins contou que o depoimento tomado nesta tarde revelou mentiras e um quadro preocupante de uso de drogas e de um quadro psiquiátrico complicado.

Kaira afirmou aos policiais que tem 3 filhos. Não é verdade, segundo a delegada. Disse ter uma mãe advogada. Outra inverdade, conforme Marília de Brito. Também foi apontado como mentira a informação sobre levar a criança para mãe ver.

Levada à delegacia, a mulher, não identificada, afirmou estar sem contato com a filha há mais de um mês. A parte sobre a perda de um bebê, ainda na barriga, a delegada disse ter indícios de verdade.

Como foi – Kaira ficou quatro horas com o menino de 7 meses. Para conseguir levá-lo, aproveitou-se do fato de ser conhecida do bairro, onde frequentava as ruas, e mentiu à babá. Afirmou ter obtido permissão para levar a criança para que a mãe visse, e prometeu voltar logo.

Não retornou. Sumiu com o menino, desesperando a família. Fotos dele foram publicadas na Facebook, na tentativa de localizá-lo, e a Polícia Civil foi acionada. Em meio à apuração para localizar imagens de câmeras de segurança da região, policiais do GOI (Grupo de Operações e Investigações) abordaram Kaira em um veículo Corsa, e consideraram a atitude suspeita, segundo informado.

Ligados os pontos, acabou a procura, após 4 horas de angústia. Uma amiga da família disse ao Campo Grande News que quando os policiais encontraram a jovem, ela estava a caminho da casa devolver a criança. A delegada falou que essa informação não está confirmada ainda, embora  a jovem tenha sido preso perto do endereço da família.

Kaira foi autuada em flagrante por sequestro, crime com previsão de pena de um a 3 anos de reclusão. Quanto ao bebê de 4 meses, a situação em que ele foi raptado e devolvido à mãe ainda não está clara. A investigação continua, afirmou a delegada.

Depois do depoimento, a jovem vai passar pelo exame de corpo de delito no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), praxe para toda pessoa presa. No fim de semana, Kaira ficará no 2ª Delegacia de Polícia Civil, no Monte Castelo. Na segunda-feira, passará pela audiência de custódia na Justiça, para definir se ficará presa esperando o andamento do inquérito e posterior processo ou se poderá responder em liberdade.

Alívio -O bebê, segundo a delegada, está ótimo e nem precisou ir para o hospital ou fazer exame de corpo de delito. Foi direto para casa com a mãe e outros familiares. Chorando muito, ela não quis conversar com os jornalistas.

 

Kaira na delegacia, com o boletim de ocorrência do caso. Kaira na delegacia, com o boletim de ocorrência do caso.
A delegada Marília de Brito Martins.A delegada Marília de Brito Martins.


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions