A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/06/2012 09:17

Jovem morre baleado e suspeita é que motivo foi briga no futebol

Paula Maciulevicius e Mariana Lopes

Vizinhos disseram aos policiais a vítima havia tido um desentendimento na quadra de esporte momentos antes

Amigos e familiares de Carlos no velório, na manhã de hoje. (Foto: Mariana Lopes)Amigos e familiares de Carlos no velório, na manhã de hoje. (Foto: Mariana Lopes)

O pai ainda está perplexo e mal consegue falar sobre a morte do filho, que para ele, foi banal. Hoje pela manhã, Valter Solentin, 41 anos, conversou com o Campo Grande News ainda com dor no coração e com dúvidas sobre como tudo aconteceu.

Carlos da Silva Santos, 19 anos, deu entrada no sábado na Santa Casa com tiros na coxa, abdômen e sinais de espancamento na cabeça, não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu nesse domingo.

“A única coisa que eu sei é de uma confusão que teve no meio do jogo e bateram no meu filho”, diz Valter.

Segundo o boletim de ocorrência, registrado no sábado, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, uma testemunha narrou à Polícia que de casa, ouviu disparos de arma de fogo. Ao chegar ao local de onde vinha o barulho, na casa de Carlos, encontrou o jovem já caído ao chão e com sangramento na cabeça.

Ainda de acordo com a Polícia, a vizinhança contou que a vítima havia tido um desentendimento na quadra de futebol da escola momentos antes. Conforme relato das testemunhas, o “pivô” da confusão foi visto saindo da casa de Carlos minutos depois dos disparos.

Em rondas pela região e buscas na casa do suspeito, ninguém foi localizado. Carlos foi encaminhado ainda na tarde de sábado para a Santa Casa pelo Samu.

“Eu ainda não tive cabeça para pensar nisso, no que aconteceu, meu filho trabalhava na oficina comigo, tinha uma namorada há três anos. Era uma pessoa muito querida e trabalhador. Agora espero justiça”, completou Valter.

Carlos não tinha passagens pela Polícia. O caso será investigado pela 5ª Delegacia do bairro Piratininga.



ESSE QUE SE FOI É O MEU PRIMO , A SAUDADE VAI SER ETERNA AGORA SÓ FALTA A JUSTIÇA SER FEITA SE A POLICIA NÃO FIZER ALGUÉM VAI FAZER PORQUE ISSO QUE FIZERAM FOI UMA MALDADE VAI FICA SAUDADE ETERNA DELE ! LUUTO PRA SEMPRE QUE ELE ESTEJA COM DEUS DESCANSANDO
 
Bárbara Salentim em 12/06/2012 11:04:03
esse assassino acha q vai fikar baixo isso q elle feiz com o carlos' vai achando ele era um cara tranquilo' mto gente boa'agora só resta a justiça ser feita'por bem ou por mal..
 
giovanne alexandre em 06/06/2012 10:54:24
Tenho saudades da policia quando era a TORA,ali vagabundos como esses que fizeram com esta rapaz tinha caminho certo ¨"CAIXA" volta TORA.....................
 
walter guedes em 04/06/2012 08:10:26
Meu irmão também foi assassinado por motivo banal,o marginal ficou uns meses na cadeia e agora ta na rua ameaçando outras pessoas . Enquanto não tiver lei vamos perder nossos inocentes .
 
cyndi camargo em 04/06/2012 07:20:13
EU SOU PRIMO DO CARLOS O GAROTO ASSASSINADO NESTE SABADO EM CAMPO GRANDE MS,ESPERO QUE HAJA JUSTIÇA,POIS ESTE CASO NAO PODE FICAR IMPUNE,ESTE ASSASSINO UM DIA TERA UM ACERTO TAMBEM.
 
ALEXANDRE MENEZES DOS SANTOS em 04/06/2012 05:16:48
hoje em dia não da nem para bater uma bolinha virou bang bang salve-se quem puder!!!
 
ediney da silva ferreira em 04/06/2012 02:35:28
e mas um ser humano que vai por causa da ignorancia e da crueldade das pessoas....ate quando vai ficar essa falta de respeito ....e os pais agora como fica ao voltar para casa....hj e tao facil tirar a vida do proximo e ficar impune...que Deus conforte essa familia.
 
carla almeida em 04/06/2012 02:14:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions