A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/07/2014 13:59

Jovem se revolta com multa, agride agente e bombeiro e destrói central

Renan Nucci e Luciana Brazil
Em acesso de fúria, jovem acaba preso depois de bater em policial. (Fotos: Marcelo Victor)Em acesso de fúria, jovem acaba preso depois de bater em policial. (Fotos: Marcelo Victor)
Na confusão moveis foram quebrados.Na confusão moveis foram quebrados.

Em dia de fúria, Eric Felix Braga Miranda Barros, 21 anos, atacou um um agente de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), agrediu um cabo do Corpo de Bombeiros e destruiu o patrimônio público durante uma confusão. O acesso de fúria aconteceu na Rua Arthur Jorge, área central de Campo Grande, e terminou dentro do prédio da Central de Atendimento ao Cidadão, da prefeitura. O caso foi registrado por volta do meio-dia de hoje (8).

O funcionário da Agetran, Cleomar Campos, 43 anos, aplicava uma multa no carro de Eric,  que estava estacionado irregularmente, quando o jovem chegou no veículo. Eric se aproximou e se mostrou revoltado com a multa. Com muita agressividade, segundo testemunhas, começou a discutir com o agente. Furioso, o jovem até tentou retirar o talão de notificação das mãos do agente. Cleomar deu voz de prisão ao rapaz por desacato a autoridade. 

Eric, ignorando a ordem, entrou no veículo e ficou esperando a passagem de um caminhão com materiais de construção. Cleomar acionou a PM (Polícia Militar) informando o desacato e foi orientado a deter o veículo. Enfurecido, Eric saiu do carro e atacou Cleomar com um soco no rosto. Mesmo com a vítima caída, ele continuou a agressão com chutes.

Um homem que passava pelo local e presenciou as agressões e deu uma voadora no peito do jovem que acabou caindo. O cabo Anderson Silvio Mendes, 37, do Corpo de Bombeiros, tentou segurar Eric, mas o rapaz se levantou rapidamente. Ao notar que seria agredido, Anderson tentou se proteger e correu até a Central de Atendimento ao Cidadão. Ao entrar no prédio, acabou caindo, feriu a cabeça e foi agredido por Eric.

Um guarda municipal que fazia segurança no local, juntamente com um funcionário da Central, Paulo Marcos, 32 anos, conseguiu conter o valentão até a chegada da PM. O jovem recebeu voz de prisão e foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro. "Ele chegou com muita agressividade e com muita força", contou Paulo. 

O bombeiro alega que violência de Eric era tanta que, se ninguém intervisse, Cleomar poderia acabar morto. “Ele ia bater até matar”, disse.  O funcionário da Agetran afirmou que em mais de 27 anos de carreira, havia presenciado apenas uma situação de conflito, mas que não chegou a vias de fato.

A esposa do bombeiro, que estava no prédio da prefeitura, passou mal ao presenciar a confusão envolvendo o marido. Grávida, ela precisou de atendimento médico e foi levada ao Prontomed. A coordenadora da Central do Cidadão, Sonia Claudia,  afirmou que o rapaz quebrou uma máquina de senha e um armário, e que vai ter que arcar com as despesas.

O caso foi registrado como desacato, dano ao patrimônio público, vias de fato e lesão corporal.  

Um armário também ficou danificado. Um armário também ficou danificado.


Lei frouxa, me responda:
Qual vai ser a reprimenda do surtado?
Uma reprimenda pífia.
 
Adriano Magalhães em 08/07/2014 17:37:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions