A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

01/08/2017 14:54

Justiça anula registro de homem que mudou nome por achar depreciativo

Paulo Nonato de Souza

O juiz José Eduardo Neder Meneghelli, da 1ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos, de Campo Grande, declarou nulo e determinou o cancelamento do segundo registro de nascimento de um homem identificado no processo apenas pelas iniciais E.R.D. da S, que mudou seu primeiro nome por conta própria, de Elio para Elson.

A decisão foi tomada com base em ação de nulidade do registro de nascimento, impetrada pelo Ministério Público Estadual, sob a justificativa de que E.R.D. da Silva foi denunciado e condenado pelo crime de falsidade ideológica por usar o nome falso de “Elson” para fazer o registro de nascimento de forma tardia, além de se casar, registrar dois filhos e demais documentos pessoais.

De acordo com a sentença, o homem alegou ter perdido todos os documentos no final da década de 1970. Por conta disso, tirou nova certidão de nascimento já com o nome de Elson por considerar depreciativo o nome Elio.

“Em contestação, o réu não se opôs ao pedido do MP”, diz o texto da sentença do juiz, que estende a determinação de ratificação de nome em todos os seus documentos, incluindo certidão de casamento e averbação de divórcio.

“A existência de assento de nascimento anterior constituía óbice à lavratura de um segundo registro em nome da mesma pessoa, advindo daí a nulidade do segundo registro”, diz o juiz José Eduardo Neder Meneghelli no texto da sentença. Ou seja: No livro de registro civil de nascimento do réu já constava o seu número próprio, e isso é feito uma única vez com validade para toda a vida da pessoa, impedindo novo registro de nascimento com numeração diferente.

 

Justiça nega recurso e município terá que pagar R$ 53,5 mil a motorista
O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou recurso e manteve a decisão de o município de Rio Verde indenizar um motorista de caminhão, ...
Justiça Eleitoral faz atendimento itinerante na secretaria de Saúde
Os serviços da Justiça Eleitoral serão oferecidos na SES (Secretaria Estadual de Saúde) entre hoje e 4 de agosto. Os atendimentos abrangem alistament...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions