A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

19/08/2017 15:53

Justiça Federal libera provas da Lama Asfáltica contra Puccinelli para MPE

Aline dos Santos
Puccinelli (camisa azul) é alvo de série de operações da Polícia Federal. (Foto: André Bittar)Puccinelli (camisa azul) é alvo de série de operações da Polícia Federal. (Foto: André Bittar)

A Justiça Federal liberou para o MPE (Ministério Público do Estado) as provas da 4ª fase da operação Lama Asfáltica, realizada neste ano. No mês passado, a promotoria estadual havia requisitado compartilhamento de informações sobre o ex-governador André Puccinelli (PMDB) para instruir procedimento preparatório que apura fazendas em nome de “laranjas”.

Na ocasião, o MPF (Ministério Público Federal) foi a favor do pedido, mas a Justiça solicitou que especificasse quais documentos poderiam ser liberados. Como o MPF não se opôs, agora foi autorizado o compartilhamento de todo o auto, que está sob sigilo. A determinação é de que uma cópia digitalizada seja encaminhada ao gabinete da Procuradoria de Justiça.

A Lama Asfáltica aponta indícios de que o ex-governador tem patrimônio em nome de “laranjas” e que um deles é o pecuarista e ex-coordenador de licitações da Semad (Secretaria Municipal de Administração), Mauro Cavalli.

O patrimônio e as movimentações bancárias feitas por Mauro, que foi conduzido coercitivamente no dia 11 de maio para prestar esclarecimentos à Polícia Federal, foi esmiuçado na investigação.

Cavalli comprou vários imóveis, inclusive fazendas, entre 2012 e 2014. Neste período, o acréscimo patrimonial “a descoberto” foi de R$ 4.336.774,39.

A operação teve a primeira fase deflagrada em  2015 e revela esquema de fraudes entre empresas e o governo do Estado na gestão de Puccinelli. Desde então, foram realizadas as fase Fazenda de Lama, Aviões de Lama e Máquinas de Lama.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions