A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/07/2013 10:41

Ladrões de lotérica “torram” dinheiro com moto e R$ 5 mil em cocaína

Leonardo Rocha e Graziela Rezende
Dupla roubou R$ 32 mil de lotéricas na região do Nova Lima (Foto: Cleber Gellio)Dupla roubou R$ 32 mil de lotéricas na região do Nova Lima (Foto: Cleber Gellio)

Dupla de assaltantes roubou R$ 32 mil de uma lotérica no bairro Nova Lima, na saída para Cuiabá, na segunda-feira passada. Após serem presos na sexta-feira, contaram à Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) que compraram uma motocicleta Honda Fan e ainda gastaram R$ 5 mil só com cocaína pura, conhecida como a “escama de peixe”, com a intenção de revender p entorpecente.

Os assaltantes Cleverton da Silva Santos, 22 anos, e Luiz Fernando de Souza, 29 anos, monitoraram a lotérica, localizada na Rua Jerônimo de Albuquerque durante um mês, anotando e analisando a rotina dos proprietários, assim como da Policia Militar da região. Eles visitavam frequentemente o local para conseguir mais detalhar para o roubo.

No dia do assalto, eles abordaram as vítimas porque achavam que o proprietário estava com uma "mala de dinheiro". No entanto, ele estava apenas com uma mala preta cheia de documentos e R$ 20,00 em dinheiro. 

Por esta situação, os assaltantes “rodaram” de carro durante 3h30 pela região, passando pelos bairros Jardim Anache e Colúmbia, inclusive pela BR-163.

Pistola 357 foi usada pelos assaltantes durante roubo (Foto: Cleber Gellio)Pistola 357 foi usada pelos assaltantes durante roubo (Foto: Cleber Gellio)

Após voltarem à lotérica, levaram R$ 32 mil em sacos de moeda. Cleverton ficou com a quantia maior e usou para pagar dívidas, comprar uma moto de R$ 6 mil e R$ 5 mil de cocaína.

Prisão - Após investigação da Derf durante a semana passada, a polícia chegou aos dois assaltantes. De acordo com o delegado Flávio Peró, foi feito uma “campana” na frente da casa de Cleverton e após ele ser preso, a polícia fez com que ele marcasse um encontro com Luiz Fernando em sua casa, assim efetuando a segunda prisão.

O delegado destacou que os dois possuem outros antecedentes criminais, Cleverton inclusive já cometeu um homicídio quando era menor de idade. Eles serão acusados de roubo qualificado, uso de arma de fogo – pistola 357 – e por ter mantido as vítimas presas em seu veículo.

Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...


aí vem o juiz e acata que a confissão dos "acusados" foi mediante tortura.e a polícia fica com cara de besta....
 
Carlos Henrique em 29/07/2013 16:36:03
Se quando ele cometeu o crime , tivesse sido fuzilado não estaria nesse mundo perturbando os cidadãos de bens ... e pode crer esse individuo nunca será um homem decente na vida... tm que haver pena de morte pra esses vermes...
 
Geraldo Carvalho em 29/07/2013 15:47:27
Parabéns a toda Equipe de Policiais envolvidos na investigação e prisão tendo como chefe o delegado Flávio Peró.

A sociedade precisa mesmo é que a Policia Militar faça sua parte com rondas preventivas inibindo ações destes e outros meliantes.

 
julio barboza em 29/07/2013 15:02:43
Se esse marginal tivesse pego uma pena de acordo com o seu crime quando o comenteu, mesmo sendo "de menor", estaria atrás das grades, e não nas ruas tirando o sossego dos cidadãos trabalhadores.
 
Mathias Hanns em 29/07/2013 14:01:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions