A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

12/08/2019 11:03

Ladrões não poupam nem polícia e furtam bateria de viatura do Garras

No total, grupo furtou cinco baterias da mesma oficina localizada na Avenida Guaicurus

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Caminhonete encontrada em ferro-velho na madrugada desta segunda-feira no Jardim Tijuca. (Foto: Henrique Kawaminami)Caminhonete encontrada em ferro-velho na madrugada desta segunda-feira no Jardim Tijuca. (Foto: Henrique Kawaminami)

Três rapazes foram presos e outros três adolescentes apreendidos, suspeitos de furtarem cinco baterias de veículos do pátio de uma oficina mecânica localizada na Avenida Guaicurus, no bairro Itamaracá, em Campo Grande. Um dos carros é uma viatura do Garras (Delegacia Especializada Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros).

Conforme informações do boletim de ocorrência, na madrugada da última sexta-feira (9), Lucas Mendes de Souza, 20 anos, invadiu a oficina para furtar a bateria de um veículo, mas acabou dormindo dentro de uma van.

O dono do estabelecimento chegou ao local por volta das 9h e percebeu que cinco baterias haviam sido furtadas de três veículos, sendo dois caminhões do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) e uma viatura do Garras. Ele também encontrou Lucas dormindo dentro da van e acionou a polícia.

Aos militares, Lucas confessou a tentativa de furto naquela data e revelou que em dias anteriores teria furtado as cinco baterias com a ajuda de Matheus dos Santos Rodrigues, 19 anos, e Ygor Toledo de Jesus, 21 anos, e mais três adolescentes.

Matheus e Ygor foram encontrados em uma casa no mesmo bairro e presos. Os adolescentes foram apreendidos e encaminhados à Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude).

Na casa de Lucas, os policiais encontraram quatro baterias furtadas. Durante as investigações, dois homens identificados como receptadores dos objetos foram identificados. Um deles pagou R$ 30 pelo produto e outro R$ 100. Segundo a ocorrência, o valor de mercado de cada bateria é R$ 750.

O trio foi preso e encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. 

Outro caso - Na madrugada desta segunda-feira (12), o dono de ferro-velho foi preso no Jardim Tijuca. No local, a polícia encontrou uma caminhonete carregada com 47 baterias, entre elas de carro e telefonia. 

Das 47 baterias, quatro delas haviam sido furtadas horas antes de uma empresa de telefonia em Nova Alvorada do Sul, distante a 120 quilômetros de Campo Grande. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions