ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Lançamento de obras do Aquário do Pantanal reúne 2 mil pessoas nos altos da Afonso Pena

Por Fabiano Arruda e Italo Milhomem | 23/05/2011 20:59

Governador André Puccinelli assinou ordem de serviço nesta noite

Governador diz que aquário será marca do Pantanal. (Foto: João Garrigó)
Governador diz que aquário será marca do Pantanal. (Foto: João Garrigó)
Assinatura de ordem de serviço dá início para obras que devem terminar ao final de 2013.
Assinatura de ordem de serviço dá início para obras que devem terminar ao final de 2013.

Cerca de duas mil pessoas prestigiaram a solenidade de assinatura de ordem de serviço do Aquário do Pantanal na noite desta segunda-feira nos altos da avenida Afonso Pena em Campo Grande. O evento ainda conta com show do cantor Almir Sater.

Participaram da solenidade o governador André Puccinelli e o prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho, ambos do PMDB; a ministra da Pesca e Aquicultura, Ideli Salvatti; o ministro do Turismo, Pedro Novaes; o representante do Ministério da Ciência e Tecnologia, Olival Freire Junior, além de integrantes da bancada federal de Mato Grosso do Sul e deputados estaduais.

Puccinelli destacou que a obra será a marca do Pantanal, que tem 70% do território em Mato Grosso do Sul. O governador também lembrou que o projeto surgiu há seis anos por meio do prefeito Nelsinho Trad, que apresentou após realização de pesquisa qualitativa sobre o projeto com a população campo-grandense.

Ideli Salvatti destacou a obra e defendeu a ampliação da pesca no Estado. “Mato Grosso do Sul é conhecido como a terra do boi e da soja, mas como este centro de pesquisa, o Estado será conhecido como os rios de peixe”, afirmou.

Já o ministro do Turismo, Pedro Novaes, comentou que o Pantanal é um atrativo turístico nacional que “poucos brasileiros conhecem” e que o aquário vai potencializar a divulgação do Pantanal e do Estado.

Por sua vez, Olival Freire Junior, do Ministério de Ciência e Tecnologia, ressaltou a iniciativa e a intitulou como pioneira no País. Sobre investimentos da pasta no projeto, Olival diz que por enquanto não há previsão, mas que podem ocorrer futuramente, pois a “proposta se encaixa no perfil (do ministério), que é de preservação da diversidade (fauna e flora) brasileira”.

Depois das assinaturas da ordem de serviço, as autoridades percorreram o centro de visitação que possui uma réplica do que será o aquário. As visitas foram liberadas a partir de hoje e terão entrada gratuita.

Aquário do Pantanal - Os 18,6 mil metros quadrados de área a ser construída para o Aquário do Pantanal são equivalentes a duas praças Belmar Fidalgo, tamanho que terá capacidade para receber 20 mil visitantes por dia.

As dimensões do projeto são apostas para alavancar o turismo de Campo Grande, cidade vista apenas como passagem do público que explora belezas de municípios como Bonito e Corumbá.

O total de área reservado para o aquário, que deve entrar em operação ao final de 2013, vai abrigar 24 tanques de aquários, que concentrarão 6,6 milhões de litros de água, o que o torna maior aquário de água doce do mundo.

O volume de bilhões de litros de água comportará 7 mil animais, subdivididos em mais de 200 espécies (peixes, invertebrados, répteis e mamíferos). Os números grandiosos têm a intenção simples e objetiva: tornar o aquário o maior referencial do País em consulta científica da fauna e flora da região pantaneira.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário