ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Lanchonete abre um dia após operação da PM e dona nega envolvimento com cassino

Este é o segundo cassino clandestino fechado em menos de 3 dias em Campo Grande

Por Dayene Paz e Kamila Alcântara | 30/05/2024 14:51
Lanchonete abriu normalmente nesta quinta-feira (30). (Foto: Juliano Almeida)
Lanchonete abriu normalmente nesta quinta-feira (30). (Foto: Juliano Almeida)

Jukebox ligado, sinuca, espetinho e clientela: a lanchonete do Bairro Guanandi, em Campo Grande, onde a polícia encontrou máquinas caça-níquel na noite desta quarta-feira (29), abriu normalmente na manhã de hoje. A dona da lanchonete afirma que as máquinas estavam em um espaço separado do estabelecimento e que foi alugado por outra pessoa. A mulher nega envolvimento com o jogo ilegal.

Quatro pessoas chegaram a serem levadas para a delegacia na noite de ontem, inclusive o marido da dona, um policial penal aposentado - apontado inicialmente como administrador do cassino. Todos os conduzidos prestaram esclarecimentos e foram liberados.

Nesta manhã, a dona abriu normalmente a lanchonete. Enquanto pintava as unhas na frente do comércio, ela conversou com a reportagem, mas pediu para ter o nome preservado. "Tenho o estabelecimento desde 2009 e foi injusto terem associado a contravenção. São ambientes separados", diz.

Segundo a mulher, no cômodo da frente do imóvel funciona a lanchonete e outro espaco, agregado, era onde estavam as máquinas. Ela comenta que o espaço era integrado antes. "Mas, ontem todo mundo entrou por aqui e associaram o meu comércio ao cassino", disse.

Máquina que simula jogos de azar foi apreendida e levada até a Depac Cepol. (Foto: Juliano Almeida)
Máquina que simula jogos de azar foi apreendida e levada até a Depac Cepol. (Foto: Juliano Almeida)

O caso - No fim de tarde desta quarta-feira (29), cassino foi descoberto no local - que funciona ainda como buffet para eventos, conforme letreiro. Após denúncia anônima, policiais militares apreenderam 16 máquinas caça-níqueis.

Esta é a segunda casa de jogos ilegais fechadas esta semana em Campo Grande após a polícia ser comunicada por fonte anônima.

Na noite de segunda-feira (27), policiais da Força Tática da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar fecharam um cassino que funcionava na calma Rua Luiz Dodero, no Bairro Jardim São Bento. No local, 14 equipamentos eletrônicos foram encontrados.

As máquinas avaliadas entre R$ 30 mil a 40 mil acompanhadas de cadeiras almofadadas, em um ambiente escuro, equipavam o cassino, instalado em área nobre, na rua que conecta o bairro com a Avenida Eduardo Elias Zahran.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias