A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/11/2011 12:20

Mãe acusada de matar a filha será interrogada na próxima semana

Nadyenka Castro

Renata Dutra de Oliveira irá falar pela primeira vez à Justiça sobre a acusação. O ex-companheiro dela também é réu pela morte da menina de três anos

Rafaela tinha três anos quando morreu. Padrasto e mãe são acusados do crime. Rafaela tinha três anos quando morreu. Padrasto e mãe são acusados do crime.

Renata Dutra de Oliveira, acusada de ser a responsável pela morte da filha, no dia 28 de fevereiro do ano passado, em Campo Grande, será interrogada na próxima semana

A audiência, que já foi adiada duas vezes, está marcada para começar às 17h15min do dia 23 (quarta-feira), e será na 1ª Vara do Tribunal do Júri. Será a primeira vez que Renata irá falar sua versão sobre o caso à Justiça;

Rafaela morreu aos três anos. Renata e o padrasto da menina, Handerson Cândido Ferreira, são suspeitos de espancar a menina.

Laudo necroscópico apontou que a criança agonizou por pelo menos 24 horas antes de morrer. Foram encontrados hematomas em várias partes do corpo e lesão no cérebro.

A família morava na rua Bodoquena, no bairro Amambaí, em Campo Grande. O casal chegou a ser preso em março de 2010, mas está em liberdade desde maio do ano passado.

O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou o casal por homicídio qualificado, por meio cruel e impossibilidade da defesa, com o agravante da vítima ser menor de 14 anos e filha.

Acusados por morte de Rafaela, mãe e padrasto são soltos
Acusados pela morte da menina Rafaela, de 3 anos, o casal Renata Dutra de Oliveira e Handerson Cândido Ferreira, respectivamente mãe e padrasto da cr...
Assassinos de Rafaela podem ir a júri por homicídio
A pedido do MPE (Ministério Público Estadual), o processo sobre a morte da menina Rafaela, de 3 anos, foi transferido da Vara da Infância, Juventude ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions