A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/03/2011 12:54

Mais uma vítima de lutador se une à família em protesto no Fórum

Ítalo Milhomem
Rafael Mecchi, de boné, agredido por Luna em 2009 foi ao Fórum apoiar a família de Jeferson Bruno (Foto: Ítalo Milhomem)Rafael Mecchi, de boné, agredido por Luna em 2009 foi ao Fórum apoiar a família de Jeferson Bruno (Foto: Ítalo Milhomem)

O universitário Rafael Mecchi, de 22 anos, que já foi agredido por Christiano Luna de Almeida, de 23 anos, em uma festa em 2009, uniu-se à família do segurança Jeferson Bruno Escobar, morto pelo lutador na madrugada do último sábado (19), em um bar em Campo Grande. Ele fez coro para que a Justiça não liberte Almeida.

Rafael lamentou a morte do segurança e disse que também poderia ter morrido na agressão que sofreu em 2009, na saída da Expogrande, pelo mesmo autor.

O estudante conta que foi chamar um conhecido perto de uma confusão no Parque de Exposições e acabou agredido por seis rapazes, um deles era Christiano. O grupo deu chutes e socos, quando Rafael já estava no chão.

A mãe lembra que ele foi retirado da briga pelas duas irmãs."Quantas outras pessoas têm de se tornar vítimas para que ele continue preso", questionou o rapaz. O caso virou inquérito policial, sem conclusão até hoje.

Rafael conta que faz terapia e toma medicamentos controlados e agora tem medo de sair em festas e lugares cheios.

O estudante estava acompanhado da mãe, Fátima Regina de Freitas Mecchi, de 43 anos, que também pediu Justiça e declarou apoio a família de Bruno.

“Nó temos que fazer de tudo para que ele não saia da cadeia e a Justiça de Deus seja feita depois”, disse Fátima para João Márcio Pai do Bruno, pai de Bruno.

Fátima comenta que ninguém sabe quem é o “padrinho” que protege Christiano, que sempre sai impune dos atos que comete. O acusado é advogado, formado em 2010.

“Ele (Christiano) precisa de ajuda, de tratamento porque ele matou uma pessoa. Se ele tem pais, não sei onde eles estão na vida dele”, comenta a mãe da primeira vítima do lutador.

Cerca de 50 pessoas com faixas e gritando palavras de ordem pedindo Justiça estiveram na manhã desta segunda-feira (21), em frente ao Fórum da Capital para protestar contra possível libertação do lutador, que matou o segurança Jeferson Bruno Escobar, com soco.

Emocionado, o pai do segurança, João Márcio Escobar, de 46 anos, contou que o filho tinha sonhos, tinha trancado a faculdade de Direito para realizar um deles, comprar um carro, que nem chegou a aproveitá-lo.

“Recebi um telefone de madruga, dizendo que meu filho tinha sofrido um acidente, quando perguntei como ele estava, me disseram que ele tinha morrido, e quase eu morri junto com ele nesta notícia. Somente quem perde um filho sabe o que é isso. O Bruno era um rapaz alegre, cheio de sonhos, trancou a faculdade para poder comprar um carro, ele trabalhava de manhã e a noite para realizar este sonho, que não conseguiu aproveitar. Já mais imaginei perder um filho”, lamentou Escobar.

O pai do segurança disse que tem esperanças que Justiça não liberte Cristiano, que hoje está no presídio de Trânsito da Capital.

“Espero que a justiça seja feita. É muito triste ver um jovem da mesma idade que o meu filho tinha cometendo essas atrocidades, agredindo as pessoas. Se você comete um crime ambiental, não há fiança e você continua preso, mas se você mata uma pessoa você responde em liberdade. Quanto vale uma vida humana?”, comparou o pai do segurança.

Ele ainda afirma que não quer reparações financeiras e sim que ele cumpra a pena pelo crime cometido.

“Eu não penso em reparos materiais, danos morais. Quero que ele pague pelo crime, sei que os pais dele devem estar sofrendo pelas atitudes do filho, mas ele (Christiano) deve pagar”, espera Escobar.

A família anunciou que foi autorizada a doação dos órgãos de Jeferson Bruno, mas somente as córneas foram aproveitadas.

O vídeo com as imagens do crime já estão com a Polícia.



Depois de ler o primeiro depoimento, fiquei com alguns questionamentos, será que quem apanha é porque deve? ficar traumatizado depois de ser espancado é sinal de que não é homem? Mas afinal, o que é ser homem? é agredir as pessoas? é matar? é fazer com que uma família sofra com a morte de um filho? Talvez não seja justo culpar a família do Christiano, mas quanto vale a vida de um ser humano? Será que não devemos ser responsáveis pelos nossos atos?
Espero que a justiça seja feita e que as pessoas possam ser mais tolerantes, que aprendam a resolver seus "problemas" sem violência, porque violência só gera violência!!!!
 
Tatiana Nogueira em 28/03/2011 11:41:15
Eu espero que todos tenham visto o vídeo para ver quem realmente é a vitima!
 
Sabrina Luiza em 28/03/2011 06:00:49
É fácil ser a pedra difícil é ser a vidraça que tipo de home é esse que fica "abaladinho" depois de uma surra e vive na saia da mamãe? a primeira "vitima" se é que pode se assim dizer não apanhou por alguma razão? Ninguém bate em ninguém de graça é fácil perguntarem onde estão os pais do Chris e acusa-los eu sou amiga da familia DO CHRIS LUNA E SEI QUEM ELE É , UM BOM MENINO , NÃO ACHO CERTO ACUSAR A FAMILIA DELE ASSIM DESTA FORMA .A "PRIMEIRA VITIMA PARE DE QUERER 15 MINUTOS DE FAMA" DEIXEM A JUSTIÇA JULGAR OLHEM O VÍDEO DIREITO ELE ESTAVA SE DEFENDENDO SEM CONTAR QUE VAI SABER SE O RAPAZ SOFRIA DO CORAÇÃO E NÃO HAVIA TIDO SINTOMAS AINDA? ME FORMEI JUNTO COM O CHRIS E ELE TEM QUE SER OUVIDO TBM ..TENHO PENA DO RAPAZ QUE MORREU FOI HORRIVEL, MAIS PAREM DE FALAR ALGO QUE VCS NÃO SABEM...FORÇA CECILIA LUNA , ESTAMOS COM VC...
 
vládia christina romeiro da motta amorim em 24/03/2011 10:32:07
Esse meliante, pq não pode se chamar de individuo, n pode sair da cadeia porque é de alta periculosidade, uma besta fera tem que ficar enjaulada, para não fazer tantas familias inocentes sofrerem o que esta sofrendo a familia Escobar.Que a justiça seja feita e que Deus tenha piedade dos pais e do padrinho de um assassino.
 
vera lucis b dos reis em 22/03/2011 10:48:52
Ao Dr. Joares Silva!!
Se realmente estiver falando a verdade de ser Medico ,quero o direito de Resposta a suas acusasões Marginalizando o nosso trabalho e o quadro de alunos.
Quero esclarecer que a Academia Fight Sports é referência Mundial em termo de bons atletas, formamos campeões no mundo inteiro tanto no Tatame quanto na vida, em nossas academias temos Médicos, Advogados, Polícia Federal, Jornalistas, Engenheiros e outros profíssionais respeitados, como também Campeões Mundiais.
Esse menino Cristiano não pertence a nosso quadro de alunos, mas essa foi uma fatalidade lamentável . Nem por isso podemos sair passando a régua em todos os praticantes de Artes Marcias. Mau elemento existe até na classe médica, estrupadores, Drogados, Bebados, e etc, não sei porque essa acusação infundada, peço que o Dr.venha até a nossa academia para conhecer um pouco de nosso trabalho, pois já estamos a 10 anos no ramo, temos filiais com Faixas Preta formados por nós em 4 países e franquiamos oportunidades, dando cobertura e apoio a vários atletas que vivem nas academias pelo mundo.Temos mais de 2000 alunos ao redor do planeta.
Espero que o Sr. pense e reflita o que esta falando de seus próprios colegas de profissão, que são nossos alunos.
Quero lhe conhecer pessoalmente para mostrar que vc esta redondamente enganado a nosso respeito.
Roberto De Abreu, Pai de um Campeão Mundial hoje estabelecido em Miame Beach, conhecido e respeitado Mundialmente.
 
Roberto de Abreu em 21/03/2011 11:26:53
Onde está a mãe desse animal, que o deixa aprender uma lutapra sair espancando os outros???
 
Ana Oliver em 21/03/2011 09:58:04
Enquanto a familia de Christiano esta "tranquila"...continuo pedindo a Deus que ajude a família do BRUNAO nesse momento de dor...e que saibam que seus amigos estarão sempre ao seu lado!!!...que a justiça seja feita! Não vamos deixar a "poeira baixar", vamos acompanhar o caso, e sempre que precisar, vamos clamar pela JUSTIÇA!!!!
 
Simone Carvalho em 21/03/2011 08:57:59
EU QUERIA VER SE FOSSE OU CONTRARIO SE O BRUNO TIVESSE MATADO ELE EU DUVIDO QUE IRIA SAIR DA CADEIA ELE DEVE TER SIM UM PADRINHO
CADEIA NELE ELE MERECE
 
silvania de deus souza em 21/03/2011 06:56:50
Que deus tenha misericordia e conforte a familia do Bruno, um menino calmo, de carater ,lutava para relizar seus sonhos, acredito que esse elemento sem piedade que tirou a vida desse jovem , pague pelo que fez, alias se a justica tivesse se cumprido ele quando fez aquela barbaridade com o Rafael,, ele hoje talvez nao tivesse tirado a vida desse jovem. vamos lutar para que ele fique atras das grades, pois nao devemos permitir que um elemento desse calibre continue solto, para que amanha nos ou nossos filhos sejam vitima dele. PARABENS, para o juiz que negou o HC.familia que deus abencoe vcs, e com certeza o Bruno e um anjo e deus precisa de anjos no ceu.
 
vera lucia masterg em 21/03/2011 06:32:30
Pelo que vi na mídia a família desse marginal tem posses financeiras, e isso no Brasil indica que a "justiça" estará a seu favor, por que ai os pais pagam fiança e o sem vergonha está nas ruas pronto para bater ou matar outra pessoa inocente e muitas vezes sem condições de se defender.
Será que vamos assistir a tudo isso perplexos com a "lei" mais uma vez???!!!!
 
Oswaldo Junior em 21/03/2011 06:30:01
Esse muleque metido a pitboy não é lutador nem aqui e nem lugar nenhum. Chamá-lo assim é um grande erro, lutadores são atletas que levam uma vida regrada, que abdicam de muitas horas de lazer para treinarem, que se enfrentam em cima de um ringue sob um regime de regras impostas por um árbitro.
Esse sem-vergonha não passa de um bandido que deturpa uma arte-marcial milenar, apenas para ficar brigando na rua na intenção de se auto-afirmar e na tentativa de compensar um intelecto e quem sabe outra coisa minuscula.
 
Raphael M. Souza em 21/03/2011 04:51:45
Lamentável a atitude deste rapaz que sai agredindo e matando inocentes de graça, tá na hora de se fazer justiça e manter este delinquente preso até seu julgamento, e que após este,ele pegue a pena mais elevada. Quem sabe assim ele se converta. Vamos aguardar.
 
marivane cavalcanti em 21/03/2011 04:44:33
Estes caras que lutam o Free fight, ou luta de rua, estão sempre procurando. Eles são os pit bull da vida. Este tipo de luta tem que ser considerada perigosa, e as pessoas que conhecem esta luta, ser observado de perto, tipo porte de armas.
 
Gilberto DIAS em 21/03/2011 02:57:00
Se esse tal Crisitaano é apenas um lutador, ent]ão prá estudou ciências jurídicas? Oras, vá lutar com um profissional e aprender a ser homem de verdade; moleque.
 
Osmar Felinto de Mello em 21/03/2011 02:53:55
Pessoas que não sabem viver em sociedade... devem ficar presas!
A Justiça deveria ser exemplar nesses casos.
 
Cristiano Paim em 21/03/2011 02:46:07
Meus sentimentos a familia. Academia de artes marciais, e coisa seria, para se matricular, o aluno, deveria passar por exames pesiquiatricos etc.
 
Luciano Rosa em 21/03/2011 02:19:57
Se você comete um crime ambiental, não há fiança e você continua preso, mas se você mata uma pessoa você responde em liberdade,q justiça é essa?
ta na hora de revisar essa constituiçao ,Cadeia nessa assassino....
 
Neylor Dutra em 21/03/2011 01:45:09
Esse desqualificado que cometeu o crime contra Jeferson não pode jamais ser chamado de lutador de jiu-jitsu. Ele pode até ser praticante em alguma academia clandestina, de fundo de quintal, mas lutador ele não é.A primeira coisa que se ensina em uma academia com mestres qualificados é o auto controle, o controle do espírito de agressão. E não é isso que o histórico desse imbecil mostra. E mais: no jiu jitsu não se ensina socos, chutes, então o Jeferson não morreu com golpes de jiu jitsu como parte da imprensa está divulgando.
 
Cezar Pinheiro em 21/03/2011 01:43:13
Padrinho?
Deve ser alguem da Civil, PM, ou do Judiciario ou Legislativo, coitado do Brunao, manda o lutador e o padrinho dele vir aqui em casa, pra ensinar pra eles com quantos paus se faz uma canoa
 
Gustavo Cesar em 21/03/2011 01:42:40
Uma vez um amigo do Cristhiano deu uma facada na cabeça de um adolescente em uma festa de 15 anos...
 
Ronaldo Geovavoni em 21/03/2011 01:37:45
Esse cara acha que é o valentão, usando de uma arma que possui (luta marcial), para agredir outras pessoas. Esse tipo de gente não merece pena, tem que ficar atras das grades para que ele não mate ou agrida outras pessoas indefesas.
Cadeia nele.
 
Adenilson José Rebeque em 21/03/2011 01:35:08
É isso aí, lugar de valentão e assassino é na cadeia, se tivesse ficado preso desde a primeira agressão, não estaríamos lamentando a morte de um jovem hoje. Aqui fora era metido a machão, agora vai virar "patroa" na prisão.
 
kelvin forcolen em 21/03/2011 01:27:17
Infelizmente no nosso querido Brasil, bandidos, safados e todos os marginais tem a seu favor a condescendencia das leis, que,praticamente os protegem deixando-nos a impressão que foram elaboradas para protege-los. Esse mau carater estará nas ruas aprontando outras em muito pouco tempo.
 
manoel de jesus costa em 21/03/2011 01:11:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions