ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Médico desconfia e pai que matou bebê afogado é preso

Homem teria dito que jogou filho no rio Anhanduí durante um suposto assalto

Por Adriano Fernandes e Marta Ferreira | 19/09/2019 22:54
Pai da criança em frente a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro. (Foto: Divulgação/Choque)
Pai da criança em frente a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro. (Foto: Divulgação/Choque)

Um homem, ainda não identificado, foi preso na noite desta quinta-feira (19) após matar o próprio filho, de apenas 2 anos, afogado em Campo Grande. A polícia descobriu o crime, depois que o suspeito levou a criança para a Santa Casa, por volta das 16h30 alegando que ela havia se afogado sozinha.

O quadro clínico do menino era grave e os médicos focaram os esforços em tentar estabilizá-lo, mas ele morreu cerca de 1h após a internação. Conforme apurado pela reportagem o homem teria dito que jogou o filho no córrego Anhanduí na Avenida Ernesto Geisel, enquanto estava sendo assaltado, por medo de que os bandidos fizessem algo com o seu filho.

Um médico desconfiou da versão do homem e a assistência social da unidade, acionou a polícia. Policias do Batalhão de Choque da Polícia Militar estiveram no hospital e encaminharam o suspeito para a delegacia onde ele confessou o crime. Ele está preso na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro, mas o delegado plantonista preferiu não dar mais detalhes sobre o caso. Os policiais que atenderam a ocorrência também serão ouvidos durante a noite. 

Matéria alterada às 23h54 para acréscimo de informações e foto***

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário