A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/01/2013 09:16

Menina de 3 anos que se afogou na piscina morre no hospital

Paula Vitorino e Nadyenka Castro
Ana Luisa em foto com o pai. (Foto: Arquivo pessoal Facebook)Ana Luisa em foto com o pai. (Foto: Arquivo pessoal Facebook)

A menina que se afogou após cair na piscina de casa, no dia 24 de setembro do ano passado, morreu neste domingo (20) na Santa Casa de Campo Grande. Ana Luiza Bento da Costa morreu por volta das 18h, no dia em que estava completando 3 anos de idade.

De acordo com informações de amigos da família, a menina sofreu hemorragia no pulmão e teve falência múltipla dos órgãos.

Ana Luisa se afogou após cair na piscina enquanto estava em casa, com a avó. O pai da menina contou na época que sua sogra cuidava de Ana Luisa e um bebê de 1 ano quando foi abrir o portão para o filho. Por questão de minutos, a menina caiu na piscina e se afogou. A piscina tinha grade de proteção.

Ela foi socorrida com parada cardiorrespiratória e internada no CTI (Centro de Terapia Intensiva). Ana era portadora de Síndrome de Down e chegou a receber alta do hospital, mas voltou e há cerca de três meses estava internada.

Amigos da família disseram que a menina teve hidrocefalia e infecção hospitalar com quatro tipos de bateria diagnosticados na primeira internação, na Santa Casa.

O enterro de Ana Luisa aconteceu na manhã de hoje, no Memorial Park.



Ana, era tão sorridente, meu filho Pedro Lucas teve a sorte de estar na mesma sala de aula que este anjo. Sempre que eu o deixava na escola, lá estava a Aninha sorridente e sempre só com um sapatinho no pé, logo pedia colo e claro que eu dava, pq com aquele sorrisso. Pequeno anjo, jamais esquecerei o seu sorrisso, que papai do céu conforte a familia.
 
Andrea de Souza em 21/01/2013 11:49:15
Que triste ela ter morrido conheci a avo da menina que tristemente contou o que ocorreu...q deus conforte a familia e receba esse anjinho
 
Elizabette Barcelos em 21/01/2013 10:27:45
"infecção hospitalar com quatro tipos de bateria diagnosticados na primeira internação, no Hospital Universitário." MISERICÓRDIA!!! E ninguém faz nada? Quem é o diretor deste hospital??? Que Deus conforte o coração dos pais.
 
Márcio Patrocinio em 21/01/2013 10:06:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions