A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/07/2011 21:27

Mesmo controlado, incêndio no Jardins do Jatobá ainda chamava atenção na avenida Afonso Pena

Paula Maciulevicius

Moradores ainda aguardam avaliação para subir na torre que pegou fogo

População parou para ver o trabalho dos bombeiros (Foto: Pedro Peralta)População parou para ver o trabalho dos bombeiros (Foto: Pedro Peralta)

Mesmo depois de controlado, o incêndio no 17º andar de uma das torres do condomínio Jardins do Jatobá na avenida Afonso Pena ainda chamava a atenção. A aglomeração de moradores e pessoas que passavam pela região foi maior e durou bem mais que as chamas.

O momento de pânico dos condôminos durou mais de uma hora. No cenário, ainda de fogo, que durou cerca de meia hora, o que mais se via eram celulares tocando, pessoas chorando, desespero de quem via as chamas se aproximarem de casa.

A proximidade com a tecnologia parecia deixar a proporção ainda maior. Fotos, vídeos e ligações nos celulares a todo momento. O que mais se ouvia eram as respostas dos moradores de que realmente o prédio pegou fogo, notícia que já podia ser lida pela internet.

O empresário Flávio Pereira foi um dos primeiros a ver, morador do andar debaixo do que pegou fogo, ele conta que antes mesmo de começarem as chamas, o estalo da explosão já deixou todos da casa em alerta.

“Eu escutei o barulho do estouro e em seguida começou o fogo pela janela. Era como se fosse uma panela de pressão estourando, mas bem mais forte”, conta.

A notícia de que não tinha ninguém no apartamento tranquilizou em parte, os moradores. A família dona da casa estava chegando ao prédio.

A advogada Lia Galezi, relata em meio a ligações no celular a preocupação dos conhecidos “todo mundo quer saber, todo mundo num desespero”.

A moradora Daiene Barbosa Rodrigues, em prantos andava de uma lado para o outro. A informação de que o prédio estava pegando fogo veio de uma ligação no celular. Ela conta que estava dirigindo, “aí disseram o seu prédio está pegando fogo, tem chama saindo para fora”.

Com o trânsito já interditado, a demora para chegar e saber o que estava acontecendo agonizou ainda mais. Ela e o marido moram no apartamento acima do que teve o quarto incendiado. O verdadeiro pânico não era com os bens materiais e sim a cadelinha shinauzer que estava trancada em casa.

A tranquilidade só apareceu meia hora depois, quando um dos bombeiros entrou no apartamento e trouxe a notícia de que, embora agressiva, a filhotinha do casal estava a salvo.

“Você passa mal e o desespero de olhar e ver seu apartamento todo em chamas”, descreve um pouco do drama a moradora Daiene.

Depois que já estavam lá embaixo, o desespero dos moradores, era de quem estava na sacada. Os gritos de “desce, desce, está pegando fogo!” tentavam convencer quem acreditava que se tratava de um alarme falso.

Ontem o alarme já tinha soado, mas não era fogo realmente e hoje de novo, todos perguntavam de se era mesmo um incêndio, descreve uma das moradoras.

Quando soou o alarme, os moradores desceram pelas escadas. O elevador foi desligado, assim como toda parte elétrica. Muitos sem sentir o cheiro da fumaça só acreditaram mesmo, quando viram partes da janela e da caixa do ar condicionado caindo ao chão, ainda em chamas.

“Eu passei com a bolsa na cabeça”, comenta uma das moradoras.

Com o incêndio devidamente controlado e a saída de algumas das viaturas que atendiam a ocorrência, o coronel do Corpo de Bombeiros, Joilson de Paula pediu paciência aos moradores. Quem habita as torres das pontas já podia subir. A do meio, atingida pelo fogo, ainda manteve os moradores lá embaixo.

Com a cabeça um pouco menos quente, a reunião do condôminos levou a um assunto que deve virar pauta formal na assembleia: a necessidade de estarem preparados para lidar com um incêndio. “Precisa ter um treinamento, o que é e o que não é um incêndio e como fazer”, ressalta o morador Mário Borges.

Em uma breve reunião para explicar o acontecido, o coronel disse que graças à rapidez com que a ligação pedindo socorro foi feita, as chamas puderam ser controladas. O ar-condicionado não estava ligado e provavelmente um curto circuito causou o incêndio.

O Corpo de Bombeiros reforçou ainda que as pessoas sempre acionem a corporação e não tente apagar as chamas. A situação aconteceu hoje, quando cerca de cinco moradores tentaram, com um extintor sanar o fogo.

“No caso, às vezes as pessoas morrem não é pelo fogo e sim pela fumaça. Ao tentar apagar as chamas, acabam inalando”, explica.

Neste momento uma equipe da engenharia da Plaenge, empresa construtora, faz uma vistoria nos apartamentos do 16º, 17º e 18º, para então autorizarem a entrada dos moradores.

Ainda será feita perícia para apurar exatamente quais foram as causas do acidente. Ao que parece, foi curto-circuito no ar condicionado.



Os prédios atualmente só são aprovados pelo Corpo de Bombeiros depois de estarem providos de completa segurança. Hoje não se usa mais escadas Magyrus como falaram, as escadas dos edificios já são enclausuradas à prova de fogo e fumaça, o que falta realmente é um treinamento aos condominos quanto à utulização dos equipamentos que por sinal são caríssimos e já se encontram no prédio (falta Brigada de Incêndio).
 
Cel QOPMRF CARLOS MOREIRA SOARES em 16/07/2011 09:15:10
Senhores condôminos, e amigos o incêndio causou um grande pânico entre todos nós,
lamentamos muito o ocorrido , porém , por outro lado sentimos que moramos em um condomínio muito seguro, mas , devemos ter um treinamento adequado para situações
como esta que ocorreu .
 
Maria Eugênia Faccin Bossay em 15/07/2011 12:00:26
Concordo com o comentário do amigo"fabio henrique ",este caminhão onde tem este tipo de escada "magirus",estava sem operação desde o Governo Zeca,também houve uma polemica alguns anos atrás quando pegou fogo nas lojas "Paulistão" me parece até que estava em Porto Alegre fazendo "manutenção",o fogo foi na Rui Barbosa,que diga-se de passagem "acabou-se toda".è bom mesmo a Imprensa local começar a fazer uma "pesquisa",tendo em vista a quantidade de prédios que esta pronto e ou já esta pronto em diversos locais de campo grande,e são prédios altos hein,depois da tragédia não adianta culpar este ou aquele,outra coisa estes condomínios de "luxo" deveriam ter uma "brigada"com pelo menos 02 homens dia e noite(dinheiro pra isto eles tem),também já ajudaria muito.(OBS :vou guardar,esta reportagem e este comentário,DEUS queira que não,mas futuramente se precisar,temos aqui)
 
ricardo terra lemos em 15/07/2011 09:29:07
Realmente é necessário que haja um prévio treinamento para moradores em condomínios verticais.
Poderiam sugerir ao Corpo de Bombeiros e a Prefeitura, que se criassem um "curso" para o desenvolvimento de Brigadas ou algo parecido.
Devemos voltar a esse assunto. Afinal também trata-se de uma questão de segurança (Estado) e melhoria ao munícipe (Prefeitura).
Porém com essa gestão acredito ser muito difícil avançar nesse quesito.
 
Orlando Lero em 15/07/2011 08:21:44
Graças a rápida atuação da administração do condominio juntamente com os bombeiros foi possível controlar o incêndio, o que ficou claro a todos os moradores foi a necessidade da formação de um brigada de incêndio em cada uma das torres que possa orientar os moradores em caso de sinistros.
 
Luiz Bossay Junior em 14/07/2011 11:49:55
fiquei sabendo que os bombeiros de campo grande não possuem escada grande o suficiente para alcancar o 17 andar, que da mais ou menos 51 metros, o que eles teem mal da para trinta metros, e se precisassem utilizar o recurso da escada, como ficaria, ainda vai ter um tragedia por aqui.
 
ana elaine isabela em 14/07/2011 10:52:41
17º andar isso da quantos metros mesmo??? perai... quantos metros alcança a escada masgirus do corpo de bombeiros quando funciona??? sei não mas o Corpo de Bombeiros não possui escada suficiente para atender a população que mora em apartamentos em Mato Grosso do Sul. redação do Campo Grande News faça essa pesquisa pra nós e veremos que em casao de um incêndio em um prédio alto todos correrão o risco de morrer por falta de estrutura.
 
fabio henrique em 14/07/2011 10:22:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions