A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019

24/04/2017 17:06

Microônibus serão usados em linhas com menor número de passageiros

Carros circularão em linhas com menos demanda ou em locais onde é difícil que automóveis grandes trafeguem

Anahi Zurutuza
Microônibus vendidos para o Consórcio Guaicurus (Foto: Facebook/Reprodução)Microônibus vendidos para o Consórcio Guaicurus (Foto: Facebook/Reprodução)

Além de cinco veículos climatizados, outra novidade na frota do transporte coletivo de Campo Grande é a compra de novos microônibus. Embora já existam alguns veículos menores em linhas que circulam apenas dentro dos bairros, desta vez, veículos de tamanho padrão serão substituídos por dificuldade de transitar pelas ruas onde passam ou porque há número de passageiros em determinadas linhas insuficiente para uma lotação “normal”.

As informações são de João Rezende, diretor do Consórcio Guaicurus – formado pelas quatro empresas que operam o transporte coletivo na Capital. Ele detalhou que dos 91 veículos comprados, nove são microônibus.

Eles são diferentes do ônibus executivo, com ar-condicionado, chamados de “fresquinho” pelos passageiros.

O diretor do consórcio não detalhou em quais trajetos os microônibus vão ser colocados para circular e nem quantos já existem na cidade. Hoje, estes veículos estão nas chamadas linhas alimentadoras de baixa demanda, os ônibus com pintura azul que circulam dentro dos bairros.

Em uma página do Facebook, abastecida por usuários do transporte coletivo, há a informação de que como os carros foram pintados de azul e vermelho, justamente para poderem circular em qualquer linha.

Ontem, integrantes da página flagraram os microônibus saindo da fábrica da Marcopolo em Caxias do Sul (RS). Eles teriam sido comprados pela Viação Cidade Morena.

“A Viação São Francisco já tem alguns microônibus e estes novos ser colocados nas linhas cuja demanda é compatível com o tamanho deles. Temos linhas que não tem passageiros suficientes para os ônibus grandes. Vamos fazer a substituição nestes casos”, explicou Rezende.

O diretor do consórcio lembrou apenas da linha que passa pela Rua Bom Pastor, corredor gastronômico em Campo Grande. Os ônibus padrão serão substituídos pelos microônibus por causa da dificuldade do veículo maior trafegar pela rua, que principalmente à noite congestiona e fica abarrotada de carros estacionados.

O diretor do consórcio explicou ainda que faz parte do contrato de concessão o uso de ônibus articulados (grandes), de porte médio, microônibus e os veículos executivos.

Ar-condicionado nos ônibus (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Ar-condicionado nos ônibus (Foto: Alcides Neto/Arquivo)
Mais detalhes da disposição dos equipamentos (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Mais detalhes da disposição dos equipamentos (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Ar-condicionado – Dos 91 ônibus novos, três vieram equipados com ar-condicionado e dois com climatizadores. Na tarde desta segunda-feira (24), usuários do transporte coletivo publicaram o Facebook que um dos veículos climatizados foram colocados para circular na linha 070, que faz o trajeto entre os terminais General Osório e Bandeirantes, uma das mais movimentadas da Capital.

João Rezende afirmou que os veículos farão a linha 070 como forma de teste para que numa futura substituição de frota, mais ônibus climatizados sejam comprados. “É uma novidade para a gente o uso do ar-condicionado nas linhas convencionais”.

Os veículos comprados pelo Consórcio Guaicurus custaram R$ 26 milhões. A aquisição foi feita por meio de financiamento feito pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) com recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

 



Tinha que colocar mais ônibus na linha 223 Marli, desde quando foi criado os condomínios naquela região os ônibus vivem lotados.
 
Laura Vicente em 25/04/2017 10:45:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions