ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Ministro da Saúde avisa que próximo debate é incluir adolescentes na vacinação

“Até setembro, toda a população brasileira adulta terá uma dose da vacina”, diz Queiroga

Por Aline dos Santos e Gabriela Couto | 16/07/2021 11:27
Ministro Marcelo Queiroga durante evento na Assembleia Legislativa. (Foto: Marcos Maluf)
Ministro Marcelo Queiroga durante evento na Assembleia Legislativa. (Foto: Marcos Maluf)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que visita Campo Grande nesta sexta-feira (dia 16), afirma que a inclusão de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades na campanha de imunização contra a covid será discutida na próxima reunião do PNI (Programa Nacional de Imunização). Não foi informada a data do evento.

Sobre a campanha, o ministro afirma que estão contratadas 600 milhões de doses, que vão garantir a imunização da população até o fim do ano. “Até setembro, toda a população brasileira adulta terá uma dose da vacina e 50% da população terá duas doses. Neste momento, nós temos uma esperança, que são as vacinas”, diz Queiroga.

O ministro discursou durante encontro de secretários municipais de Saúde, evento realizado na Assembleia Legislativa. “Devemos trabalhar juntos, de maneira homogênea, porque só assim chegaremos de maneira eficiente à imunização”.

Ainda segundo Queiroga, pesquisa do cinturão de imunização nos municípios de fronteira em Mato Grosso do Sul pode trazer respostas sobre a evolução e controle da doença. O secretário Gerado Resende pediu recursos para a construção do Hospital do Idoso.

Atualmente,  Mato Grosso do Sul vacina adolescentes de 12 a 17 anos que tenham comorbidades. Até ontem,  4,7 mil pessoas desse grupo foram vacinadas com pelo menos a primeira dose.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário